sábado, 18 de dezembro de 2010

O poema que não aconteceu!


Queria escrever um poema como uma balada ouvida numa madrugada. Um poema como a espera de alguém por um amor que não vem. Um poema como o azul irreversível. Um poema como um gole de vinho, bebido no escuro. Um poema como uma bolha de sabão e sua estrutura, brilhando numa tarde cinzenta. Um poema como um ponto de exclamação dentro da manhã. Um poema como um moinho de vento, num deserto. Um poema como o poente alaranjado num fim de uma tarde na praia. Um poema como a borboleta que não saiu ainda do casulo. Um poema, queria escrever, mas o poema não aconteceu!


(by, franck)

42 comentários:

  1. Olá e ai tudo bem?
    Belo texto.As vezes queremos fazer algo que não sai :S
    Não desanime.

    RIMAS DO PRETO

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Também sinto isso as vezes, muito bom Franck. Teu poema é bom até quando não sai. rs... Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Hoje não consegues ver poema, talvez amanhã, talvez depois de amanhã....
    Abraços apertados na sua alma!
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  4. continue assim com esse poema ñ acontecendo rsrsr
    ficou belissimo o texto.
    Todo ele tocou-me mas "Um poema como um ponto de exclamação dentro da manhã(...)Um poema como o poente alaranjado num fim de uma tarde na praia. Um poema como a borboleta que não saiu ainda do casulo..." Ah! foi brilhante! consegui visualizar tudo isso, me senti nessa praia vendo o pôr-do-sol, água nos pés, brisa levinha a tocar-me o rosto e um casulo tão lindinho escondido n'algum arbusto...
    bjos querido!

    ResponderExcluir
  5. O poema não precisa ser escrito, ele simplesmente é......

    abraços

    ResponderExcluir
  6. Franck, meu amigo

    Sinto dizer que você se enganou , ...
    O POEMA aconteceu , e aconteceu intensamente.
    Lindo , pleno e inteiro como "um gole de vinho, bebido no escuro."


    Sim , soltemos nossas feras , nossas asas , tripas e coração ...
    Te Adoro !

    \o/


    Monte de BjOs ....

    ResponderExcluir
  7. Não escreveu um poema, mas fez poesia. Pude ver a bolha e sua estrutura a rodopiar pelo ar, até acertar algum lugar e estourar. Divino!

    Imenso beijo
    ótimo fim de semana a ti
    obrigada por sua visita em meu cantinho.

    ResponderExcluir
  8. quantos poemas meus não aconteceram...
    dando lugar a outros ....

    beijoos

    ResponderExcluir
  9. Linda forma de não escrever um poema!!!
    Bj grande.

    ResponderExcluir
  10. Não aconteceu, mas aconteceu.
    Poemas são pontos de branco no cinza do dia.
    Continue assim.

    Seguindo de volta.
    ;*

    ResponderExcluir
  11. Bom final de semana Frank! ´Pois saiu algo muito bom viu? É um prazer estar aqui e compartilhar com você deste espaço especial.
    Abraços!!
    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  12. Oi menino
    Nem sempre nos vem a inspiração, isso as vezes é bom,assim quando ela volta, volta com toda vontade de acontecer.
    Bjão

    ResponderExcluir
  13. Será q nao aconteceu mesmo?Bem se nao aconteceu esta a caminho por nascer...Gostei muito do q li!

    Prazer em conhecer este espaço...Venha me conhecer tb!rs...

    Um bom fim de dia

    Maria Dias

    ResponderExcluir
  14. Franck,

    Obrigado pela presença calorosa em meu blog.

    Te desejo um ótimo final de semana.

    abraços
    de luz e paz

    ResponderExcluir
  15. ... estou a ler o mais lindo poema .
    esse aconteceu rs
    abraços Franck
    Bom Natal

    ResponderExcluir
  16. Se calhar aconteceu, mas não estavas com atenção. Às vezes está lá, nós é que teimamos em não ver.
    Muito obrigada pelas palavras e pela energia positiva, meu amigo. É sempre bom ler uma palavra amiga.
    Não penses que me esqueci de ti, ou da promessa que te fiz, fico a aguardar uma confirmação tua dentro de poucos dias;)
    Bjokas

    ResponderExcluir
  17. Será mesmo que o poema não aconteceu?eu acho que ele aconteceu sim, só que não exatamente como tu planejavas que ele seria..
    Um ótimo domingo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Franck, queridão,

    Olha ele dentro dos seus olhos, como é que não aconteceu?!!!!

    Bjcas e bom domingo

    ResponderExcluir
  19. Ei!Presente. rsrs
    Saudades da mesma forma que tu.
    Saudades de ti no meu email.
    Em meus blogs,
    Em meu orkut...rsrs
    Na minha vida , de verdade.
    Mas ando trabalhando tanto,
    ando compondo tanto
    e o Espelhando tem tomado meu tempo, a cada domingo são mais de 30 postagens onde grandes blogueiros aceitaram estar comigo aos domingos na Maratona Poètica.
    Tem sido maravilhoso.
    E ainda estou lendo caio, ate meu aniversario dia 30 preciso terminar
    pra ler Alice
    que acabo de ganhar de presente.
    E voce?Diga-me.
    Mas ainda e só
    vivo entre sonhos e delírios

    ResponderExcluir
  20. ola, epaaaaa eu acho q aconteceu sim, tudo q vc falou pra mim foi pura poesia. bjinhoss e ótimo domingo.

    ResponderExcluir
  21. ...aconteceu sim!

    você é o poema!!

    adoro!

    bjbjbjbj

    ResponderExcluir
  22. Pensamos iguais, Vivi:
    Vc é O poema!
    Feliz de quem o lê!

    bj, Franck!

    ResponderExcluir
  23. Se tivesse acontecido certamente não seria tão lindo....

    "Pois é...Já é Natal...e ao contrário de uma grande porção de pessoas e contrariando também um passado pobre...sempre me alegro nesta época do ano...É natal de novo...tomara que o aniversariante esteja sempre em nossos corações.Feliz Natal!"

    ResponderExcluir
  24. Passei no blog de Vivian e li seu comentário. E achei que seria interessante vir por aqui. Um homem que diz que lhe arrancaram lágrimas ao ler um texto emocionante, talvez seja sensível ao escrever a ponto de mexer com as emoções de quem ler. E acertei. Ler você é ler emoção pura. A poesia está em seus textos, numa forma muito bonita de escrever, e diferente.

    Gostei muito.

    abraço.

    ResponderExcluir
  25. Que lindo, Franck... essa ansiedade de escrever é tão angustiante! Mas é difícil imaginar que vc a sinta já que tudo que vc escreve tem essa atmosfera mágica, esse "Q" de fim de tarde, com pássaros voando rente ao mar, como se sempre tivesse um blues tocando enquanto a gente lê...
    Beijokas, meu querido, e uma semana linda pra vc.

    ResponderExcluir
  26. *-*
    Aconteceu foi esse poema, e foi lindo, lindo, lindo *-*

    ResponderExcluir
  27. Terminou, Frank, escrevendo um belo poema. Abraços

    ResponderExcluir
  28. Tenta então não escrever mais poemas porque sem querer eles nascem e tu não escreves, pintas poesia!

    Obrigado pela visita caro Frank

    ResponderExcluir
  29. Acabou virando o poema, justamente o que nao aconteceu... Acho que deste poema o mais difícil seria encontrar a tal exclamação dentro da manhã...

    Adorei este poema, ficou lindo!

    Beijos, Franck!

    ResponderExcluir
  30. E ai está seu poema, muito legal.
    Um beijo
    Denise

    ResponderExcluir
  31. Oi, Franck, tudo bem?
    Pode não ter escrito um poema, mas a prosa poética que escreveu ficou maravilhosa. Eu gosto do modo como seus textos me fazem refletir e me provoca sensações de momentos que ainda não vivenciei.

    ResponderExcluir
  32. Franck,vc que pensa que o poema não aconteceu!Está aí e muito lindo!Adorei!Obrigada por aceitar meu selinho!Queria um do seu blog,mas não achei.Bjs,

    ResponderExcluir
  33. Aaaah isso é o que então? :P rs.. Mas concordo, um poema precisa acontecer para ser escrito... mesmo sendo o poeta um fingido! BjuuuU!

    ResponderExcluir
  34. Para ser sincera, acho que a própria existência de algumas pessoas já é poesia... a sua por exemplo. bjs

    ResponderExcluir
  35. Belo texto!

    Ótima semana...

    Na hora certa ele acontece...

    Beijo

    ResponderExcluir
  36. Franck, obrigada por ter retribuido a visita. Não tenho aquele painel de seguidores. Me causava mal estar ver tantos rostinhos me seguindo e nenhum a me visitar. Nunca entendi para que serve aquilo.

    Mas talvez seja útil, não é?

    abraço

    ResponderExcluir
  37. Franck, querido, o seu poema aconteceu sim! Não há poesia mais sinestésica do que este seu texto poético! Quantas sensações ele me causou! Que viagem linda ele me transportou! Quantas cores, cheiros, texturas! Amei!!! :)

    Parabéns!
    E quero aproveitar para desejar a vc, independente de qualquer crença, um Natal cheio de paz e alegria junto aos seus. :)

    Beijos

    ResponderExcluir

(Quem dá a volta ao zodíaco comigo...)

EU...

Minha foto
São Luís, MA, Brazil
Um brasileiro-nordestino, um cara comum, qlq um, como diria Caetano Veloso...