terça-feira, 21 de junho de 2011

Uma carta (quase) anônima



Que você não seja aquele homem para consumo imediato e instantâneo, mas que seja aquele que a cada dia possa ser descoberto aos poucos em seus segredos, sua alma, seu corpo. Que tenha no olhar a certeza que também sou o homem que você procura.
Que você venha invadir minha vida de um jeito que nenhum homem fez ainda, como se fosse um cobertor nas noites de frio, um filme-comédia nas manhãs de tédio, um amigo em tardes de solidão; que preencha os dias e as noites com a sua presença, suas risadas e seu carinho.
Que você seja aquele amor à primeira vista, me apaixone no terceiro encontro, que seja o amor da minha vida com um mês de namoro. Que você não venha com desculpas com medo de dizer a verdade. Que prometa telefonar para desejar boa noite e não esqueça. Que almoços, fins de tarde na praia, encontro com amigos em comum, que qualquer coisa que façamos como acender incenso, velas, haxixe, tirar fotografias aos domingos, façam parte dos nossos dias, para que os momentos fiquem registrados, mesmo que sejam aqueles infinitesimal, para que fiquem na memória e em álbuns, para que eu possa acreditar que o amor e esse homem que é você, existe.

(by, franck //imagem: internet)

21 comentários:

  1. esse homem não existe mas eu acendi um incenso neste fim de semana...e algumas velas tb. Estava frio e eu queria aquecer o meu lar com mais luz...e cheiro bom

    ResponderExcluir
  2. Ainda existem amores assim, eu acredito.
    Linda, essa carta, amigo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Que homem perfeito...
    Fico ensimesmada com sua forma de amar.
    Somos diferentes e iguais...
    Saudades de você.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. É!...
    Qualquer coisa q se faça, por + simples q seja, c/"alguém q invade dessa forma" e faz a diferença... Uau!

    bjo
    saudades daqui
    =)

    ResponderExcluir
  5. Que amor lindo. Que amor gostoso.

    Te desejo amor.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Que homem delicioso.
    E eu o conheço, talvez não nessa perfeição,
    mas na perfeição que eu gosto: imperfeito.


    Obrigado por escrever tão bem, Franck.

    ResponderExcluir
  7. A existência esta no olhar que a reconheça!
    Bj grande e bom feriadão

    ResponderExcluir
  8. Acho que tudo que o mundo precisa para acreditar em algo assim e crer em si mesmo.
    Tem um selo te esperando em:
    www.filhadamaenatureza.blogspot.com
    beijos

    ResponderExcluir
  9. Bela carta, belo homem.

    Tranquilidade.

    ResponderExcluir
  10. tem que existir pra fazer sentido ..tem! eu acredito q exista ;]

    Bjus Franck!

    ResponderExcluir
  11. Não existe uma carta mais bela que essa Franck!

    Que venha esse homem! Que venha esse amor.

    Um beijooooo meu amigo/poeta mais querido do mundoooooooo!

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem com você?
    Como eu havia dito antes, estou afastado do Blogosfera por vários motivos, inclusive por conta do site “ABORDAGENS & IMPRESSÕES”/ http://abordagenseimpressoes.com/ que eu acabo de criar e publicar na Internet.
    Gostaria de contar também com você por lá, acompanhe-o e também interaja comigo por lá.
    Como todos nós sabemos, site tem uma dinâmica diferente do blog, é mais consultivo e informativo. É de maior abrangência, já que se pode explorar muito mais. O blog é mais direto e normalmente de temática única.
    Me visite por lá e me siga. Vou gostar e ficar extremamente feliz e agradecido por mais esse voto de confiança.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Franck.

    Fazia tempo que não vinha te visitar, amigo, mas é por pura falta de tempo mesmo viu!

    E que maravilha é poder estar aqui e ler um texto tão lindo como esse... tão cheio de sentimento. Amei!

    Grande abraço e uma linda semana pra vc!

    ResponderExcluir
  14. ────────═♦♥♦═─────
        ▓███▓    ▓███▓░░░
      ▓██▓▓██▓░▓██▓▓██▓░░░
     ▓██▓▓▓▓██░██▓▓▓▓██▓░░░
     ▓██▓▓▓▓▓▓█▓▓▓▓▓▓██▓░░░
      ▓██▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓██▓░░░
         ▓██▓▓▓▓▓▓▓██▓░░░
            ▓██▓▓▓██▓░░░
             ▓██▓██▓░░░
               ▓██▓░░░
                ▓█▓░░
    ────────═♦♥♦═─────

    ResponderExcluir
  15. Nem sei como consegui viver todos esses meses sem seus textos, esses que vc "psicografa" de alguma alma rara... Não? É vc mesmo a alma rara?
    Eu bem que sei, meu querido Franck e cada leitura é um encantamento. Não consigo ler uma vez só pq cada vez que leio, descubro um novo ângulo da história. O homem desse texto certamente existe pois ele é sonhado por mim, por vc, por outras t

    ResponderExcluir
  16. Não sei o que aconteceu com o comentário que eu estava escrevendo... De qualquer modo, quero terminar. Esse homem que vc descreveu existe, certamente... defícil é encontrá-lo!!!
    Tomara que seja vc a ter essa sorte.
    Saudades e beijokas

    ResponderExcluir
  17. Se esse homem ainda não existe, vai aperecer um dia e te fazer feliz!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Quanto tempo eu não passava por aqui!
    Mas continua um caldeirão de criatividade e palavras vibrantes!

    Com amor,

    ResponderExcluir
  19. Não preciso te ver para saber que existe, preciso apenas te ler e te admirar, sempre!

    Mil bjos.

    ResponderExcluir
  20. Ôôôô, que saudades de vir daqui neste cantinho poético e cheio de sentimentos. Sempre encontro coisas boas de se ler e navegar.
    Bjusss. Franck
    Sil

    ResponderExcluir

(Quem dá a volta ao zodíaco comigo...)

EU...

Minha foto
São Luís, MA, Brazil
Um brasileiro-nordestino, um cara comum, qlq um, como diria Caetano Veloso...