sábado, 12 de maio de 2012

Você 

Você é uma explosão de girassois
numa manhã azul
o aroma inesperado do mar
a milhas de distância do litoral.
Você é mel, é canela
também agridoce
alecrim
especiarias do mundo todo
num mercado de uma ilha
na América do Sul.
Você é uma bola de gude verde
uma pequena concha
uma garrafa azul
de um vinho degustado numa noite em Pirenópolis.
Você é uma alma velha, de mil anos, séculos,
secreta
milênios atrás
de rendas brancas, rosas vermelhas,
revirando baús
bruxa.
Você é um pedra preciosa
bússola
um mapa desbotado
um navio ancorado num porto sem nome
numa cidade desconhecida
que percorreu tantos caminhos
para que pudéssemos nos encontrar.
(by, franck)

4 comentários:

  1. Bússola que guia em todas as direções...

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. MARAVILHOOOOOOOOOOOSO.

    Cara, que ritmo, que delícia e que amor.
    Tudo aí.
    Fera!

    ResponderExcluir
  3. Extraordinário poema!
    Li todo de uma só vez.
    Adorei.
    Bjins

    ResponderExcluir

(Quem dá a volta ao zodíaco comigo...)

EU...

Minha foto
São Luís, MA, Brazil
Um brasileiro-nordestino, um cara comum, qlq um, como diria Caetano Veloso...