quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Escreva-me...


Escreva-me em letras garrafais para caber nos muros, em algum out-door, numa asa delta. Escreva a saudade. O tempo que passa. O desejo. Escreva-me em letras miúdas para caber nas mãos. Entre os dentes. Na agenda. Escreva a sensação de tristeza. De dor no coração. Dos fins de tarde sem nós. Escreva-me, a letra não precisa ser grande ou miúda, apenas do tamanho exato de nomear as sensações. Instantes. O peso entre a alma e a boca. Para que eu possa resgatar o meu pedaço que se perdeu em você. Ou vice-versa.


(by, franck)

51 comentários:

  1. eu confesso que gosto de escrever com letras redondas e bem grandes, pra de alguma forma preencher o que me falta.
    adorei o texto de hoje.
    parece que vc adivinhou, eu estava só esperando vc postar alguma coisa hoje.
    acordei com vontade de te ler.

    beijos querido

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Texto maravilhoso. Irretocável.

    ResponderExcluir
  3. Nossa, Franck, que texto lindo! Sensível como todo sentimento de saudade é. AMEI!

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  4. Lindo demais.
    Eu queria também que me escrevessem assim, que se lembrassem de mim, que me acarinhassem.
    Lembrei duma citação do Caio F. Abreu:
    "Queria tanto que alguém me amasse por alguma coisa que escrevi"

    Beijo.

    ResponderExcluir
  5. Oi, amigo,
    como sempre inovando. Uma mistura de imprssionismo com surrealismo. Digo mesmo surreal.Belíssima crônica como todas que nascem daí.
    Beijos
    A propósito, adorando o livro.

    ResponderExcluir
  6. Simplesmente escreva-me. Ou melhor: escreva-nos, Franck.

    ResponderExcluir
  7. Lindo, como todos os teus textos.

    Esclarecimento: Água das pedras é uma marca de água gaseificada ou com gás, não sei como é que vocês chamam por aí. Apenas isso, não é uma bebida que dá "pedrada". Quando quero algo mais forte, sou fã de whisky, mas achei que não era de bom tom colocar isso no blog;)
    Bjokas

    ResponderExcluir
  8. Evoca-me uma sensação de tristeza e por mais que eu queira definir em palavras, de fato quero, as palavras não comportam totalmente o que neste momento nomeio de tristeza.

    ResponderExcluir
  9. As vezes as letras não alcançam exato de nomear sensações! Lindo texto!
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  10. Um sensação estranha.
    as palavras não saem do jeito como eu
    quero, uma sensação de dejavú, é como se
    isso já tivesse acontecido, em algum lugar,
    em outro mundo...

    perfeito!

    ResponderExcluir
  11. Oi Frank....

    Simplesmente belo!!!!

    Bjo e carinho!


    Zil

    PS:tem 5 selinhos pra vc no meu blog.

    ResponderExcluir
  12. Estava mesmo a te escrever...
    Não de tal maneira, mas de forma parecida.
    Desde a tarde, que passei em casa sozinha.
    Rasquei papeis, escrevi, risquei, joquei fora.
    Vontade de não dizer nada e de dizer tudo.
    Não é a mesma coisa que no msn. rs
    Mas breve receberá minha missiva.
    Conhece Chico Pinheiro?
    Estou ouvindo agora...é lindo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Frank... Querido Amigo!

    Belíssima postagem! E a saudade é sempre uma fonte de inspiração não é mesmo?

    Minha última postagem tbm fala do quanto que as pessoas ficam em nós e como vc disse "vice e versa"!

    Deixo meus doces beijos e carinhos pra ti!

    Gosto muito de ti...

    Sil

    ResponderExcluir
  14. É o que acontece mesmo.

    Eu fico agoniado quando não paro pra escrever alguma coisa que quer sair. Fica um pedaço solto querendo se encaixar fora de mim.

    Gostei muito!

    ResponderExcluir
  15. Que lindo Franck! Continue escrevendo em letras garrafais ou miúdas essas tuas belas palavras.

    PS: Perdoa minha ausência, tava com saudade daqui já. Que teu 2011 seja lindo, cheio das coisas boas que sonhas. Beeejo querido. =)

    ResponderExcluir
  16. Lindo poema expressando um pedido para quem amamos. Captou a melhor essência e um ser apaixonado e com saudades.
    Bjusss querido amigo.
    Sil

    ResponderExcluir
  17. Se vc, Frank, não receber resposta será muita ingratidão... Abraços

    ResponderExcluir
  18. Oi Franck!
    Hje escolho a escrita "entre os dentes".
    É q ando meio ansiosa, sabe! rs

    bj
    .
    LiZza

    ResponderExcluir
  19. Quando sentimos saudades, queremos ser lembrados. Nos perguntamos se a pessoa ainda pensa em nós como pensamos nela. Bate ciúmes quando entramos em alguma rede social e vimos que ela está tocando a vida pra frente longe da gente, de boa. Dói a pessoa que sentimos falta não escrever pra nós ou sobre nós. Dói não fazer mais parte de um universo que pertencia só a nos dois. Tem uma enxurrada de selos pra vc no meu blog, passa lá quando puder.

    ResponderExcluir
  20. LEGAL TEU BLOG... TO SEGUINDO... SIGA-NOS

    LUCRE COMISSÕES E DIVULGUE
    GRÁTIS SEU BLOG AQUI:

    www.psdesigner.com.br/entretenimentos

    OBRIGADO!
    Marcos Roberto

    ResponderExcluir
  21. "o peso entre a alma e o corpo".

    Voltei para ler novamente e para dizer que ao ler para a minha mãe, ao telefone, ela ficou sem palavras. Muito lindo!

    Suzana/LILY

    ResponderExcluir
  22. que lindo, Franck. Ler as suas postagens é como mergulhar e encontrar pérolas! bjs.

    ResponderExcluir
  23. Frank, meu amigo. belo texto.
    Pensar faz lembrar, escrever faz lembrar e registar a lembrança;

    Agradeço sempre sua visita no meu espaço, e já lhe convido para ler o novo post. www.iandeee.blogspot.com

    Abraços.

    ResponderExcluir
  24. Olá Franck!

    Muito legal, gostei! Seja como for "escreva-me". Parabéns!
    Tem uns selos pra você lá no meu espaço. Espero que goste!

    Abraço,

    Thiago

    ResponderExcluir
  25. Franck, escreva sempre.
    Coloque a alma pra foraaaaaaaa, essa tão linda que você tem!

    Beijoooooooooooooooo!

    ResponderExcluir
  26. Franck,


    Lindo como sempre , ...




    Escreva-me pra dizer se já está bem ...Rs


    Bjo.

    ResponderExcluir
  27. ESCREVO : Ai que saudade deste teu cantinho!
    Como sempre , é muito bom passear por aqui!
    Lindooooooooooooo demais!
    bjossssssss

    ResponderExcluir
  28. Nossa, que texto lindo! Até bateu o sentimento de saudade no peito...

    Bjo Franck, boa noite!

    ResponderExcluir
  29. Na verdade,por mais que escrevamos assim ou daquele jeito. Nao soará mais da mesma forma em se tratando de algo que se perdeu,ou que nos deixou pelo caminho. O importante mesmo é escrever de forma a ser compreendido. Isso você fez,e bem. Adorável de ler.

    ResponderExcluir
  30. Oi,Franck belo texto!Eu escrevo para me perder para me reencontrar, escrevo para me acalmar, para entender, para me analisar,adoro escrever cartas e recebê-las,mas hoje é tão difícil encontrar pessoas que aidna tenham paciÊncia de escrever cartas.
    Beijosss

    ResponderExcluir
  31. Claro que eu escrevo uma carta pra vc, meu querido.
    mil beijos

    ResponderExcluir
  32. Oi Frank...obrigada pela visita....nessa tarde chuvosa....será que tem um fundo musical?

    Um blues....rs

    Bjos!!!!!!

    Zil

    ResponderExcluir
  33. Convido-lhe para visitar o “Devassus Sexus”/ http://devassussexus.wordpress.com/

    Um espaço para a liberdade, ampla, geral e irrestrita do sexo, sem máscara, ou maquiagem.
    Venha!
    Você vai curtir demais.
    Para ver as outras publicações é só clicar nas setinhas.

    Beijos do jeito que você imaginar e desejar.

    ResponderExcluir
  34. É que as palavras, por vezes, fazem toda a diferença! Que importa a sua textura se é na mensagem que brotam as emoções...

    Belo texto!

    Beijinho

    ResponderExcluir
  35. Se for para caber em meu coração, pois que escreva em letras garrafais. Ele é imenso!

    Sobre seu comentário em meu cantinho, o rio que me referi era as lágrimas que nascem nos olhos, rastejam pela face e desaguam na boca.

    Imenso beijo
    ótimo fim de semana

    ResponderExcluir
  36. Essa tua tristeza subcutânea, subliminar, mas sempre presente, perpassa pelos meus sentidos, devassa meus sentimentos e sempre encontra neles reciprocidade de dores e saudades.
    Não consigo definir como alcanças meus mistérios, como consegues dizer o que jamais consigo.
    Beijokas, meu querido Frank, que 2011 venha recheado de belas surpresas e que vc realize sonhos que o façam mais feliz.
    Beijokas e um lindo domingo.

    ResponderExcluir
  37. Ahhh, Franck, que texto perfeito! Como disse a Lily, irretocável!
    Bjo e luz pra ti.

    ResponderExcluir
  38. Lindo! é como se houvesse um pedido implícito ai, dizendo: "escreva-me! e entregue pedaços da tua alma em cada frase, faça a seu modo".

    Brilhante!
    Feliz 2011 querido.

    ResponderExcluir
  39. Poxa, nunca havia escutado aquela música antes. Por isso acabei entendendo de outra forma o seu recadinho. Desculpe o mal entendido.

    Beijo, Franck. Se cuida! ótimo fim de semana.
    E obrigada por citar a música, irei escutá-la.

    ResponderExcluir
  40. Tenha um ótimo domingo Franck, luz e paz. Beejo,beejo. =)

    ResponderExcluir
  41. Meu amado, já escrevi.
    espero que goste e se eu puder eu escrevo mais e mais e mais
    e se ainda quiser pode ser tudo no papel.

    mil beijos

    ResponderExcluir
  42. Escreva com os nó na garganta mas escreva no vice-versa ou versa-no-vice, escreva pelo lado de fora, escreva por dentro da hora, escreva uma lágrima corrida, ou um beijo saído, escreva de alma na alma, escreva numa parede de cal, ou num campo de futebol, na areia do mar, escreva Franck com o coração e com a emoção...

    ResponderExcluir
  43. Olá,
    Conheci seu blog no espaço Fragmentos...Caio F;, e gostei muito.Acho que ter um blog significa ter um espaço para dividir com pessoas de todo lugar do mundo, coisas que gostamos, pelas quais nos apaixonamos, aquilo que move nossa alma e nosso coração.Você faz isso muito bem. Parabéns!
    Quero te convidar para conhecer meu blog, com o apoio da editora cia. das letras, estou sorteando um livro, acho que vai gostar.

    http://sabordaletra.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  44. Caramba, falou tudo qe eu sinto, rs... lindo, lindo, lindo... sério, melhor texto que jáh lí nos ultimos dois meses.

    (feliz ano novo atrasado, não pude vir antes, o negocio tah meio complicado pra mim...).

    Beijo.

    ResponderExcluir
  45. Lindo! Lindo!

    É tudo o que agora me ocorre de te escrever.

    ResponderExcluir
  46. achei tao lindo, e de uma sensibilidade..
    amei seu blog..parabens...

    ResponderExcluir

(Quem dá a volta ao zodíaco comigo...)

EU...

Minha foto
São Luís, MA, Brazil
Um brasileiro-nordestino, um cara comum, qlq um, como diria Caetano Veloso...