terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Mas ainda há música!


Durante uma semana rimos na mesma cama. Dormimos na mesma cama. Durante uma semana ele me fez acreditar que era o francês mais nordestino que eu conhecia com sua leveza de alma. No vento dos seus cabelos. No verde dos seus olhos. Com os momentos em preto e branco. Durante uma semana ficamos acordados na mesma cama e ele me disse ser filho de um pássaro quando enterrei os dedos nos cabelos dele como se fosse encontrar peixes. A torre Eiffel. O rio Sena. Labirintos. Durante uma semana tivemos tempo para cachaça e vinho e amigos e música alta. O girassol secou. Os grãos, todos, viraram pães e massas e tortas. Durante uma semana ele foi uma caixinha de ferro antiga de uma feira de antiguidade qualquer que guardei segredos e poemas e fósseis e marcas. Durante uma semana ele foi um encaixe perfeito na minha cama com seus amores formando e sua paisagem humana delirante. Não sei quantas semanas depois ele é como um barulho que vai sumindo ao longe e não se sabe precisar o momento exato em que se deixa de escutá-lo. Mas ainda há música.


(by, franck)

42 comentários:

  1. Olá, amigo.
    Muitas lembranças se foram, apagadas na lama, correndo como um rio.Quero escutar também essa música que certamente ficará comigo.
    Beijos, amigo.

    ResponderExcluir
  2. A boa música executada com primor, fica sempre gravada nos que participaram do "concerto".

    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Com toda certeza, essa semana foi eterna.
    Bjux

    ResponderExcluir
  4. E sempre haverá As pessoas deixam-nos marcas, não? Incríveis as palavras delicadamente utilizadas para compor este texto. Muito bom, Frank. Bjs

    ResponderExcluir
  5. A música, Frank, faz a alma sorrir e resgata a nossa história. Abraços

    ResponderExcluir
  6. Música faz parte da vida *-*.
    Ahh obrigada pela visita lá no meu blog. :D Pensei que "aguniada" era uma palavra tão normal =x Ai não é tanto não?
    Sobre meu pai, ele não é pernambucano não, ele é escoces, e todos dizem que ele possui um sotaque muito forte. Apenas eu que não percebo isso, mas os demais... =p
    Otimaa semana :D

    ResponderExcluir
  7. Lindooo ameiii, o que me mata é que no fundo ficam as tais passagens e a música que não sai da cabeça...rs!!

    Mas o que importa...é que por algum momento teve música e vc pode dançar...

    Blogbeijooos!

    ResponderExcluir
  8. Enquanto houver música ainda haverá esperança...
    Adorei o texto, perfeito, tem tanto sentimento.
    Eu estou no ápice das ocupações...
    Andarei meio ausente, mas apareço para borboletar. Beijos

    ResponderExcluir
  9. Franck, amigo querido

    Cada dia mais e mais se superando ...
    Que texto lindoooooooooooo !!!

    Sim , Franck !
    Sempre haverá música ...
    Seja em nosso coração , recordações , etc .


    Amei te ler .


    BjO Grande com Carinho.

    ResponderExcluir
  10. E sempre haverá a música Franck.

    Aquela, que pode passar semanas, anos, mas que ainda toca.

    Viva os dias! Porque ainda tem a música!
    Aquela, tocada na alma.


    PS: Franck, eu admiro demais o carpinejar. Como diz um amigo meu, ele nasceu sábio.
    Leio coisas dele em E-books, qdo dá tempo.
    Infelizmente não dá pra ficar comprando livros (bem que eu queria rs), mas só nesse último do Caio que comprei - e li - em 5 dias, foi uma bagatela de 65,00).
    Mas aos poucos, a gente vai completando a coleção.
    To na fase de "reler" livros que já li, pois parece que a gente lendo de novo, tudo parece ter outra visão.
    E o próximo será Grande Sertão veredas, do meu amadooooo Guimarães!!

    Um beijoooooooooo.

    Sempre um querido!

    ResponderExcluir
  11. Nada mais presente do que a saudade e as lembranças....
    Muito bom relembrar os fatos, ainda mais qdo valeram a pena
    Abraços

    ResponderExcluir
  12. Perfeitamente lindo....que semana....

    ResponderExcluir
  13. Só posso dizer que essa postagem diz exatamente o que penso acerca de cinco dias que passei no Rio de Janeiro.

    Ainda que mude o cenário, ainda que não nos conheçamos, ainda que sejam muitos "ainda": é impressionante a capacidade do ser humano de assimilar uma mesma frase (ou texto) a uma realidade completamente diferente. Seu texto fez com que eu me identificasse imediatamente, isso diferencia os bons escritores.

    Parabéns pela postagem.

    beijinhos

    ResponderExcluir
  14. Oi, Franck, tudo bem?
    Sempre haverá música.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  15. Um texto belo e criativo, parabéns rapaz, estaremos empre por aqui viu? abração.

    ResponderExcluir
  16. A música tem esse poder, que bom que ainda há música!
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  17. Porque sempre fica um resquício daquilo que foi muito.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  18. A gente faz poesia e música com o que resta...Sempre...Grande abraço...Adorei teu espaço.

    ResponderExcluir
  19. Daria o mundo por essa semana, mas não me fala de cachaça rs

    muito lindo

    Beijo!

    ResponderExcluir
  20. Uma incrivel semana dessas pode dar um belo livro. Não importa o fim!

    adorei!
    =)

    ResponderExcluir
  21. Franck, meu Caro Franck, não sabes o quanto admiro textos assim: em que um autor narra um personagem de outro sexo, no seu caso fostes tu mulher, e isto me fez delirar enquanto lia.
    Adorei a metafora do barulho com o amor que vai-se embora. Divino!!

    Obrigada por seu carinho, Franck, e palavras doces em meu cantinho. Ótima semana à você!

    ResponderExcluir
  22. vocês escritores são quem eu quero ser quando crescer...

    eu tenho tanto pra ler/aprender/ouvir/ver/saber/sentir...


    sobre teu comentário/pergunta:

    Claro que sim Franck!

    eu sou um otimista em relação ao amor, mas muitas vezes criamos no outro uma ilusão, assim como deixamos de ser quem realmente somos pra agradar alguem. Isso é um erro e não amor! É deste falso amor que eu falava, o amor que mais vejo ser declarado, o da maioria das vezes...

    a gente vai amando e errando, e quando acerta em cheio, tudo passa a fazer mais sentido!

    um abraço querido!

    ResponderExcluir
  23. Muito bonito o seu texto Franck!

    Que bom que ainda há música. Encontros desse ecoam pelos tempos e sempre ficam!

    Abraço!
    E vamos confiar na vida! (:

    ResponderExcluir
  24. mas ainda há musica..e eu fico aqui sozinha pensando por quanto tempo ela vai teimar em continuar a tocar se já não se tem mais a cama a dois...

    ResponderExcluir
  25. Que soe a música sempre, mesmo que soe baixinha...

    ResponderExcluir
  26. Que texto bonito Franck!
    Acho que música e perfume marcam muito, sempre.


    Beijo!

    ResponderExcluir
  27. QUERIDO AMIGO.

    sua postagens finalmente foi posta em meu blog . desculpe-me pela demora =)

    espero a sua visita mais que especial.
    tenha um dia azulado.

    ps: a melhor música é aquela que nos atingem além das ondas da sonoridade...

    ResponderExcluir
  28. Franck,

    Passando pra te ler , reler , sentir e ouvir
    a música de suas palavras ...


    Bjo e um Dia de Céu Azul.

    ResponderExcluir
  29. Nossa, amigo! Que texto lindo esse! Apaixonante!

    Adorei isso: "Durante uma semana ficamos acordados na mesma cama e ele me disse ser filho de um pássaro quando enterrei os dedos nos cabelos dele como se fosse encontrar peixes."

    Perfeito!
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  30. Que lindo. Li com tanto gosto que consegui imaginar o cenário.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  31. Muito bom, muito bom, adoro isso, adoro teus textos nesta medida. Leio num fôlego só, não há pausas, não é preciso. É num gole apenas.

    Um abraço,

    Suzana/LILY

    ResponderExcluir
  32. Então Frank!

    As pessoas se vão depois de uma semana... um dia... um mês... ou um ano!Mas deixam seus "sons"... em cancões ou no absoluto silêncio! Partem de nós... mas ainda ficam "latejando" nas lembranças que antes foram momentos...

    Deixo o Anil do Céu Dourado pra ti... em tons de beijos vermelhos para que seus dias sejam iluminados!

    Com carinho
    Sil

    ResponderExcluir
  33. ...que coisa mais deliciosa
    de ler!

    como sempre,
    saio maravilhada!

    muitos beijos, menino!

    ResponderExcluir
  34. Oi Frank...

    TEXTO INTENSO!!!

    Que a música seja linda de ouvir...doce pra embalar o sono e os sonhos...

    bjo!

    Zil

    ResponderExcluir
  35. Uau, que lindo. Fico até com vergonha de comentar tamanha exatidão poética.

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  36. digamos que esse texto é bastante intrigante :D

    ResponderExcluir
  37. SAbe do que mais meu caro que bom que tu viveu essa uma semana da melhor forma possível, aproveitou cada minuto, cada segundo, fez esses 7 dias valerem a pena.Tem muita gente que não se arrisca a fazer isso por medo, de sofrer de se apegar etc e tal.Tu viviu, aproveitou cada momento e foi feliz e isso é o que importa!!!
    Um ótimo final de semana!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  38. A música será eterna no coração de quem a escutou.
    Bjokas e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  39. Que texto lindo Franck, perdurarão o perfume e a música nas lembranças.

    Beijinho,
    Ana Martins

    ResponderExcluir
  40. Já recebi sim Franck, ia agora mesmo enviar-lhe um e-mail, recebi hoje.

    + um beijinho,
    Ana Martins

    ResponderExcluir
  41. Bem, acredito que de algum modo você sempre vai escutá-la...
    Adorei mesmo o texto.
    beijo '

    ResponderExcluir
  42. Que esta semana esplendorosa se repita mais e mais... Creio que ela valeu a pena ter vivido.

    ResponderExcluir

(Quem dá a volta ao zodíaco comigo...)

EU...

Minha foto
São Luís, MA, Brazil
Um brasileiro-nordestino, um cara comum, qlq um, como diria Caetano Veloso...