sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Cartas & saudades & algum mapa-mundi...


Você não mandou aquelas cartas prometidas, mas as encontrei guardadas na gaveta do criado-mudo num grande pacote envoltas com uma fita azul. Estava esperando coragem e uma noite como esta na qual a saudade se dissipa um pouco, para serem lidas. As cartas já estão amareladas, como a foto, nossa, em sépia, que encontrei em uma delas; estamos sorridentes, como se as nossas possibilidades amorosas, todas, fossem possíveis. Em outra, uma letra de música, 'Fuga nrº 1', de Thiago Pethit, que foi nossa trilha sonora. Encontro também dentro de uma carta, num papel amarelo, um poema que ainda guardo na memória, dito e escrito por você numa manhã chuvosa, que não saimos da cama; então, definitivamente, não poderia ser esquecido. Sinto ainda o seu perfume, que você deixou propositalmente numa dessas cartas e manchas de café e chá e vinho tinto e de algum sanduiche nas cartas escritas em lanchonetes e bares e praças e nas suas madrugadas de tédio e solidão e insônia e saudade, como você relata em quase todas. Quero as cartas que você não escreveu-me quando se foi, mas as recebi sem remetente e sem endereço, nas quais poderia ter mandando ao menos sua latitude e longitude, assim encontraria você em algum globo terrestre, mapa-mundi, em alguma carta aérea, em alguma imagem de satélite, em algum fuso... Talvez assim, as cartas que não mandaste, mas que as recebi agora, nesta noite de saudade, se tornariam reais.


(by, franck)

51 comentários:

  1. Laivos de saudade em papel de carta, ou a possibilidade de sentir a textura dum amor ausente...

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Sejam bem vindas, apesar da entrega omissa, queridas cartas.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Saudade...impossibilidade de tocar e a vontade de que td, retorne...mas, melhor, mais denso e mais simples.
    Lindo fim de semana pra ti, querido.
    Bjs meus !

    ResponderExcluir
  4. Tente uma nave espacial, talvez lá de cima, você consiga ter na visão exata de onde encontrá-lo.
    Bjux

    ResponderExcluir
  5. As saudades são doces e amargas,
    recebi os versos que me prometeram.
    intensos, eróticos quase obscenos.
    Talvez se assemelhem as suas cartas,
    pois chegaram atrasados...
    Bom fim de semana Franck.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Que o fuso se encaixe no hórário, trazendo reencontros.

    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Lindoooo, como sempre!
    Frank, tenho selinhos e desafios para voce la no Blog, se puder, passe la´!
    bjosssssssss

    ResponderExcluir
  8. Exatamente, as cartas não enviadas, os pensamentos e palavras nunca ditos, esses sim é que são importantes, é por isso que me desgasto e me humilho, para não deixar nada p tras...... aiaiai!!!!!!

    ResponderExcluir
  9. Lindo texto Franck,

    e ótima trilha sonora, também adoro Pethit, fuga nº1 principalmente, e ela também já foi num tempo não muito longe a minha trilha.

    bj.

    ResponderExcluir
  10. Lindo post. Cheio de saudades.....
    Amo tudo que você deixas fluir através dos seus dedos e da sua imaginação.
    Bjusss e bom fim de semana.
    Sil

    ResponderExcluir
  11. Sim, pode pegar só os selinhos.
    Também não curto muito responder ou repassar alguns memes, mas é que veio de uma forma tão carinhosa que resolvi posta-los.
    bjosssssss

    ResponderExcluir
  12. Franck,


    Intensamente belo , melancólico ...
    Sem maiores comentários.
    Saio daqui com sabor de saudade.



    BjO Grande e um Dia de Céu Sereno .

    ResponderExcluir
  13. Ah, Frank... me identifico muito com o que você escreve. Sei bem dessas cartas, tão antigas, que ainda tenho guardada. Mas faz tempo que não tenho coragem para lê-las. Até já pensei em rasga-las, mas nunca encontro coragem para isso.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  14. E as cartas amareladas, de uma saudade que não passa..
    Eu tenho um saco imensoooo de cartas Franck.

    Poucas vezes tenho coragem de abrir para lê-las.
    Mas estão lá...guardadas.
    Saudade parece que é uma coisa que não passa nunca.

    Beijooooooooooo meu querido amigo. Um sábado calmo, tranquilo de paz. Que seja doce.

    Amo-te, meu querido amigo.

    ResponderExcluir
  15. São reais as suas cartas amigo, tão reais que elas ainda te tocam e viram conto.
    Beijos
    Denise

    ResponderExcluir
  16. Ah amor... o vejo nos filmes, livros, nos olhares de quem ama, em todo o lugar, menos em cartas. Nunca as recebi. Apenas um pedaço de papel meio amassado, com meu nome junto ao dele. Bastou. Saciou-me mesmo sendo tão simples.
    Mas não era uma carta de amor. Não era.
    Também quero as minhas... as quero muito.

    Obrigada pela sua visita, saiba que és bem-vindo lá sempre que quiser visitar-me. Estou a te seguir também, quero achar o caminho de volta pra cá.
    Um beijo, ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  17. Ah, Franck, você consegue, meu grande cronista, arrancar suspiros e ais da minha alma, coisas escondidas lá atrás num passado que penso já sepultei.
    Obrigada, por mais um da Adélia. Também adoro-a.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  18. Oi Frank!



    Gostaria de convidar vc para participar do nosso 2º Amigo Oculto de Natal, as inscrições estão abertas para quem quiser participar, será uma linda festa de confraternização virtual. Para saber mais detalhes e se inscrever passe no meu blog.

    Abraços e obrigada!!

    Ξ ѕ t є я

    ResponderExcluir
  19. Se quem vc tirar não for do seu blog melhor ainda, esse amigo secreto é uma confraternização, para ampliarmos nossas amizades na blogosfera, vc ganhará mais uma amigo ou amiga e conhecerá mais uma porção que participará... vc verá que lindo que é!!!

    Beijos e muito obrigada por ter aceito o convite
    ;)

    ResponderExcluir
  20. Cartas guardadas...outro dia mesmo queimei todas: confesso, amigo:me arrependi...

    beijocas!

    Bia

    ResponderExcluir
  21. por isso gosto da cx de rascunhos... lá guardo minha falta de coragem.


    rs

    bjs meus

    ResponderExcluir
  22. Franck, eu achei curioso o que você falou da minha foto nova ("Foto nova? Como estás diferente das outras, uma liberdade de ser outra Mariana?") Ninguém havia falado nada, e eu fiquei de fato surpresa, pois a gente tem pouquíssimo controle da imagem que passamos. De fato, o esforço de renovação tem sido muito grande. De forma que passo aqui para agradecer e dizer que leio as coisas que você escreve, mas me eximo de comentar por que a minha vida tem sido, ultimamente, um grande desencontro, uma enorme confusão: aquela foto foi uma ilha num mar agitado. Obrigada pelo carinho. Beijos.

    ResponderExcluir
  23. Retificando o "português": "pois a gente tem pouquíssimo controle da imagem que passa". Misturei "a gente" e "nós" com a tranquilidade de quem vai ao filtro tomar água.

    PS2: "mas me eximo de comentar" - melhor dizendo: tenho me eximido de comentar; é uma situação que espero transitória.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  24. Quanto sentimento e doses de realidade trazem o texto e as cartas que tu tanto esperastes. Belo, como todos os outros, Franck.
    Fim de semana abençoadíssimo pra ti.

    ResponderExcluir
  25. Faltou uma...

    Queridia

    naum çei çe estia cartia vai aliviar di algum modio a verdiadieiria agonia qe é estiar longe di osse, mas qerio qe osse çaiba qe, neste momentio, estiou çentindio todia a çaudadie do mundio!
    Sintioçaudadies do calior do çeu colio e dos toqes carinhozios dos çeus dedios por entira os meus cabelios. Çintio çaudadie do çeu hálitio fresco, do rossar do çeu batiom na minha boca e das paliavras carinhozias qe a çua língua çempre çobe pronunciar paria mim.
    Tenho çaudadie di zovir o çom dos çautos dos çeus çapatios aniunciandio a çua xegadia, e tenho çaudadies das çuas maums aniziozias à procura da minha maum...
    Tenho todia çaudadie do mundio guardiadia em meu peitio, e naum çupiortio mais a distância qe çe estiabeleceu entira nois, di formia alieia à minha vontiadie.
    Mas, o mais importiantie é qe eu tenho todia a çaudadie do mundio e qerio estirpá-la o mais depreça possível. Paria tiantio, bastiaria ver osse agoria!

    Um beijo,
    Abraços Franck.

    ResponderExcluir
  26. Eu ainda tenho muitas cartas guardadas, hoje é uma preciosidade, boas recordações...

    Vim conhecer seu espaço Franck, pois vi que irá participar do segundo amigo secreto, participei do primeiro e agora estou dentro de novo e já estou visitando os novos participantes.

    Fica aqui o convite para conhecer o meu blog, será um prazer te ver Pelos Caminhos da Vida, meu nome é Ana, muito prazer.


    Um ótimo domingo pra vc.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  27. Queridão, Franck,

    Tem dias, noites, que o nosso amor a gente inventa msm, e pq não?

    Um bjão e lindo domingo

    ResponderExcluir
  28. 2 histórias, um amor, várias saudades...
    Ótimo domingo... beijos Franck!

    ResponderExcluir
  29. É, o Wordpress não tem esse sistema para seguir blogs, é uma pena.
    Mas virei aqui mais vezes.
    abraços

    ResponderExcluir
  30. Franck, tenho um desafio pra ti.
    Passa lá no meu blog!
    beeijos

    ResponderExcluir
  31. Que texto perfeito! Chega a emocionar.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  32. E eu preciso tanto de uma carta de amor.....

    As que tenho... Nao as abro. mas bom só pegar... só sentir. A saudade é uma saudade boa. Se ler... pode virar saudade doída.

    Beijo

    ResponderExcluir
  33. sempre bom te ler meu amor!!!
    esse então, amei!
    ñ sei pq mas gosto de cartas, pois dá pra sentir o calor de quem escreveu-nos...
    bjosss!!!!

    ResponderExcluir
  34. Oi Frank...

    Emocionante o texto!!!!

    Ler esse texto me pareceu entrar num filme...em preto e branco...e ver essa cena das cartas...

    Eu guardo tantas cartas....que nunca mandei...

    bjos!!!!!

    Zil

    ResponderExcluir
  35. Franck,


    Ler teus textos, possibilidades de viver amores impossíveis...


    Um abraço, Marluce

    ResponderExcluir
  36. Oi Frank! Amigo Querido!

    Estou bem! Me recuperando! Com muita saudade desse nosso mundo mágico virtual! Saudade de vc! De te ler...! Vou fazer isso agora mesmo! Perdi duas postagens! Aff!!!

    Volto já já!!!
    Beijo
    Sil
    Sempre aqui

    ResponderExcluir
  37. Franck,


    Quem agradece o carinho sou eu !
    Adoro você ... :)


    BjO , uma Semana Azul e Feliz .

    ResponderExcluir
  38. Frank...

    Belíssimo texto! Como sempre! Naveguei nas suas palavras... nesses detalhes tão ricos! Aprecio demais sua escrita... já disse isso muitas vezes!

    Quanto as cartas... quero receber ou encontrar tbm um pacote ou apenas uma! Ficaria imensamente feliz se alguém me escrevesse... rsrs

    Linda noite de cartas de amor e saudade!
    Beijo doce
    Sil
    Sempre aqui

    ResponderExcluir
  39. Oi, Franck.
    Eu gosto muito... Sol, mar, praia, mas com protetor solar, claro!!!

    rsrs


    Seja sempre bem vindo ao bemditas!
    Bjs meus

    ResponderExcluir
  40. Saudades de vir aqui Franck
    os ultimos acontecimentos por aqui me prenderam em frente a TV .
    cartas de amor ou nao, sempre cartas.
    e gosto muito .
    hoje deixei-te uma flor , vá pegá-la rsrs
    abraços abraços

    ResponderExcluir
  41. saudade do que não se teve é o pior tormento.

    beijo!

    ResponderExcluir
  42. ô meu amigo.
    que leitura singular e peculiar é esta que Você me deu, fiquei aqui imaginando os mínimos detalhes de uma gaveta feita de memórias e palavras ...que talvez sejam mais como desejos, como dejavús nunca vividos e sempre lembrados.

    bjo-te

    ResponderExcluir
  43. Hoje vc me lembrou do livro da Martha Medeiros - Cartas extraviadas e outros poemas.

    beijooos

    ResponderExcluir
  44. Ai que delícia essas coisas que você escreve!
    Adorei de verdade viu?!
    Um grade abraço de seu fã!

    ResponderExcluir
  45. ah querido Frank Solidão e Saudades nos faz fazer aquilo que o peito quer mais o corpo exulta

    és divino amigo
    receber elogio teu é uma grande honra

    ResponderExcluir
  46. ...agora me bateu uma saudade
    tão grande de algumas pessoas...

    ai ai...

    muitos beijos!

    ResponderExcluir
  47. Franck,


    No meio de sua segunda-feira atribulada ,
    te deixo um Bjo
    e desejo que a Tarde seja amena ...

    :)

    ResponderExcluir
  48. Franck, que texto belo e melancólico!
    Nem sempre as cartas chegam, assim como nem tudo é dito sempre; mas, felizmente, os sentimentos são sentidos, eles não podem ser omitidos.
    Uma semana de sentimentos sentidos intensamente.
    Bj

    ResponderExcluir
  49. Cada vez mais amando seus textos. Muitoo lindo. Você tem uma sensibilidade enorme com as palavras e sabe fazer a imaginação das pessoas fluírem de uma forma tão magnífica *-* (isso acontece comigo ao ler seus textos, muitoo bom mesmo!!)

    ResponderExcluir

(Quem dá a volta ao zodíaco comigo...)

EU...

Minha foto
São Luís, MA, Brazil
Um brasileiro-nordestino, um cara comum, qlq um, como diria Caetano Veloso...