sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Uma manhã quase blues


Amanhecia devagar. Cinza-inverno. Você procurando estrelas cadentes no céu nublado, queria fazer três pedidos. Na avenida iluminada à beira-mar tudo parecia de plástico, inclusive seu rosto nos óculos escuros na quase manhã, mas você não queria sol, luzes, olho no olho. Atravessei sinais fechados, velocímetro e minha prudência naquela madrugada, como a de dar carona a recém conhecidos. Mas era quase manhã, estava bêbado, você tão jovem e tão retrô com sua camiseta estampando Mafalda. Eu também queria estrelas cadentes, que num dos seus pedidos estivesse incluso, queria zonas erógenas e perigosas com você. Mas não via seu olhar, suas pupilas, e eu queria olho no olho. O beijei naquela quase manhã cinza, sua boca era conhaque, maconha e café. No rádio do carro tocou Bob Dylan e você disse que preferia sax do que gaita, que sax combinaria com o vinho branco que você abriu, chamou-me para sentarmos num banco de praça e ficamos em silêncio enquanto o azul do céu nascia no dia e dentro de mim. Vi tudo blues e não mais sax ou gaita ecoava no carro, na praça, na manhã acontecendo. Subitamente eu precisava beijá-lo muito, você parecendo de plástico, terracota e carmim, eu estava bêbado. Você recitou Bandeira: 'eu quero ser feliz, quero me afogar'. Lá longe o mar, uma esteira esverdeada, o convidei para nadarmos nús, talvez dentro do mar encontrassemos estrelas cadentes, golfinhos, solos de sax, águas-vivas, o Havaí, Iemanjá, um castelo e ficassemos lá, abissais, bêbados e afogados, infinitamente.
Não sei onde o encontrei, nem quando o perdi naquela quase manhã: na praça? No mar? Numa esquina? Num bar? O reencontrei , hoje, num solo de sax e na camiseta verde e suja que esqueceste ou deixaste propositalmente no carro e só então vi seu olhar, sua alma, sua boca recitando Bandeira, como se fosse agora, aquela quase manhã.

(by, franck)

44 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. A camiseta deixou lembrança e um gosto de beijo de querer mais...
    Sua escrita é um delírio de se ler, apaixonante!

    Bom Findi, amigo Franck!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Talvez você o tenha encontrado em uma estrela cadente, elas passam rapidamente.
    Bjux

    ResponderExcluir
  4. Franck,


    Belíssimo , talvez, um de seus textos mais lindos, mais ricos em poesia ...

    Viajei nisso :

    "talvez dentro do mar encontrassemos estrelas cadentes, golfinhos, solos de sax, águas-vivas, o Havaí, Iemanjá, um castelo e ficassemos lá, abissais, bêbados e afogados, infinitamente."




    Bjo Imenso e uma Noite regada em Fantasias ...

    ResponderExcluir
  5. Belo texto, Frank. Sua escrita é altamente instigante. Isso me fascina. Parabéns. Boa sexta. ;)

    ResponderExcluir
  6. Lindo, lindo, lindo, amei. Provocou-me até, uma certa nostalgia.
    Beijo grande e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  7. Suas lembranças me remetem a um devaneio entre nuvens regadas a absinto....

    abços

    ResponderExcluir
  8. Se não foi um tão Blues, o Folk deu o "brilho".

    Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Oi Franck...
    Falar com você hoje foi demais.
    transforma o irreal em real..facilmente.
    Seu texto então. Poxa, me remeteu a uma circunstância, não tão remota, bem parecida.
    A embriaguez e os encontros me deixam louca.
    Tem coisas, que jamais terei certeza se de fato
    aconteceram...deixo um crédito ao infinito.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. "...Eu também queria estrelas cadentes, que num dos seus pedidos estivesse incluso..."

    Várias noites desejei isso Franck, com tanta força que esquecia de fazer meus próprios pedidos. Um dos melhores posts daqui, com certeza. Simplesmente lindo.

    Ótimo final de semana pra você, :) Beeejo,beeejo.

    ResponderExcluir
  11. ...vai escrever assim lá na...rsrs

    deixa pra lá...

    Franck você não existe, menino!

    bj, lindeza!

    ResponderExcluir
  12. Seus textos têm uma simples magia de estar vendo tudo como um observador encantado.

    Obrigado pela imaginação! :P

    Beijo!

    E nunca pensei que estas palavras de Bandeira seriam românticas... rs

    ResponderExcluir
  13. Bom dia Franck

    Lindo texto, sonoro, encantado, sensorial. E tão real, que até posso visualizar a intensidade deste amor In Blues. Amei tuas palavras. Parabéns.
    Bjusss
    Si;

    ResponderExcluir
  14. Franck,

    Eu queria estrelas cadentes.

    Pra fazer meus pedidos, resgatar meus sentidos.
    SEN-tidos. Tão sentidos.

    Eu amo tudo que vc escreve, porque vc escreve como Caio:
    Com a alma, visceras, coração.

    Beijo meu querido amigo, que simplesmente AMO!

    ResponderExcluir
  15. Franck,


    Que o dia nos seja Leve ...


    BjO Grande !!!
    :)

    ResponderExcluir
  16. Mais um texto cheio de sensações e sentidos, estava com saudades daqui, desse amor sem tanto glamour, de camisas sujas, mais real, pode deixar que mandarei alguns pretendetes rs, mas eles são muito mais "de plastico" do que os teus.... kissya!

    ResponderExcluir
  17. Amigo, os seus textos são maravilhosos! Eu adoro essa sua forma de expressão... essa explosão de sentimentos que brotam do seu lindo coração. :)

    Adorei!
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. "...Lá longe o mar, uma esteira esverdeada, o convidei para nadarmos nús, talvez dentro do mar encontrassemos estrelas cadentes, golfinhos, solos de sax, águas-vivas, o Havaí, Iemanjá, um castelo e ficassemos lá, abissais, bêbados e afogados, infinitamente..."
    Perfeito!
    B-Jos.

    ResponderExcluir
  19. Adorei o texto.

    Lembranças... Pode ser uma camiseta ou um olhar, mas nada nos inspira mais do que elas.

    ResponderExcluir
  20. É belíssimo o que vc escreve!
    Um grande abraço, querido.

    =)

    ResponderExcluir
  21. Oi Frank... Saudades de ler você meu Amigo Querido!

    Frank... o amor e a paixão... todos os desejos e ilusões... ditados por você tornanm-se mágicos... se eternizam no meu ser! Minha "VIDA" é sempre melhor depois que te leio... você me faz acreditar ainda mais no amor e suas possibilidades e encantos. Meu coração agradeçe!

    Linda noite de chuva em BH!
    Um lindo amanhã "blues" para todos nós!

    Beijo com carinho
    Sil
    Sempre aqui

    ResponderExcluir
  22. Franck, querido,

    Rastro de desejos, na quase manhã...
    Boas lembranças.

    Bjs e bom fds

    ResponderExcluir
  23. Oi Frank... rs

    Não deveria ficar todo "prosa"... já deverias saber do quanto és querido nessa net... junto com a Malu! Eu o chamo de "pai" e a "Malu" de mãe... quando converso com o Brayan... Te amo muito tbm como a "Sil"...

    Sil
    Sempre aqui

    ResponderExcluir
  24. as lembranças..o que fazer com essas lembranças?..as vezes procuro tbm estrelas cadentes atrás de poder pedir meus três desejos..
    bjus franck

    ResponderExcluir
  25. vim retribuir sua visita tão simpática e gostei da temperatura por aqui.

    voltarei com prazer!

    ResponderExcluir
  26. Lindoooooooo... Franck, é uma das melhores postagens que já li aqui... q gostoso ler vc. bjs bjs bjs

    ResponderExcluir
  27. Uma "quase manhã"
    lindo Franck
    bom pra sonhar .

    ResponderExcluir
  28. Adorei o texto. Belissimo. Avassalador. Tomara que as flores de Novembro, perfume a sua alma.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  29. Franck , amigo muito querido


    Estava vindo aqui pra te desejar ,exatamente,
    esse domingo que você descreveu ... :)


    E que ele continue assim , azul limpinho , iluminado feito você.


    Bjo Imensooo .............

    :)

    ResponderExcluir
  30. uma fotografia o texto. Gostei, a propósito, da imagem também, as fotos penduradas, dialogando com o texto.

    ResponderExcluir
  31. Lindo texto! Parabéns.
    Obrigado por sempre estar passando em meu Blog.

    ResponderExcluir
  32. Amei o texto, a imagem...o desenrolar dos fatos...muitooo bom, talvez você ainda ñ o perdeu...pois ele ainda está dentro de você.

    Blogbeijooos, uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  33. So deep... Poético, doce, amável. Delícia pura.

    Sim, você falou da simplicidade voluntária. Amei de paixão.
    É tudo que sonhei para mim! Valeu pela dica! Beijos!

    E vamos confiar na vida! ;)

    ResponderExcluir
  34. uau! belo texto, d+, nem sei o q falar , me deixaste sem comnetários!
    bjosss!

    ResponderExcluir
  35. sempre fica algo para nos trazer a memória o que foi bom (:

    beijas, moço :*

    ResponderExcluir
  36. Franck ,

    Que a semana se faça em poesia e céu azul ...
    Como merecemos e você bem o disse.

    :)


    Bjo e Sonhos Serenos.

    ResponderExcluir
  37. Existem textos que explicam tudo, longe de ser dicionário, explicam pela limpeza das palavras.
    Perfeito!

    BeijooOs

    ResponderExcluir
  38. Adoro o teu jeito de escrever. Lindo, lindo...

    ResponderExcluir
  39. Realmente... Os tempos de escola são pura alegria.

    ResponderExcluir
  40. "...enquanto o azul do céu nascia no dia e dentro de mim" --- Lindo, Franck!
    Seu texto lembrou-me Cazuza: "Solidão a dois de dia. Faz calor depois faz frio."
    Bisou

    ResponderExcluir
  41. Muito obrigado pela sua simpatia. Vou segui-lo também com todo o gosto :D

    ResponderExcluir
  42. Franck,

    Não imaginava teus dias assim , tão cheios.
    Que dizer, de ,no meio de tantos afazeres,
    conseguires um tempinho pra me visitar ?

    Deixo Caio falar por mim ...
    "Tenho amigos tão bonitos. Ninguém suspeita, mas sou uma pessoa muito rica."


    Amigo querido , sua amizade realmente me enriquece !



    BjO e Abraço Apertado nesse Final de Dia
    e que a Noite te chegue refrescante ... :)

    ResponderExcluir

(Quem dá a volta ao zodíaco comigo...)

EU...

Minha foto
São Luís, MA, Brazil
Um brasileiro-nordestino, um cara comum, qlq um, como diria Caetano Veloso...