sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Os laços e os nós...


Nas madrugadas, derretemos satélites, com nossos telefonemas interurbanos. Contas-me do Texas. Lembras de París, Texas? Imagino-o como o personagem desse filme, o qual vaga pelo deserto em busca de sua identidade perdida, e, você entre indíginas, estradas interditadas e a solidão de um quarto de hotel. Tento dormir com essa imagem, com sua beleza negra e a beleza do poema que recitas-me, sobre os laços e os nós. Os nós e os laços. Devemos nos manter ligados nesses laços das madrugadas? Ou desataremos os nós ao amanhecer?

(by, franck)

49 comentários:

  1. Que os nós sejam cegos. Que ninguém os desatem.
    BeijO*

    ResponderExcluir
  2. ...só porque ás vezes meu amigo, a gente tem mais é que torcer para que o danado do nó não se desfaça jamais!!!
    bjosssssssss

    ResponderExcluir
  3. Ao contrário de Poupée (nome diferente ein?) acho que deve-se desatar todos os nós, vivamos sem se perder, saber encontrar-se na liberdade é o único caminho.

    ResponderExcluir
  4. "Devemos nos manter ligados nesses laços das madrugadas? Ou desataremos os nós ao amanhecer?"

    ADOREI! :))
    Vc é genial!
    Beijos, amigo Poeta.

    ResponderExcluir
  5. Franck,


    Eu desatararia os nós e ficarias com os laços ...



    BjO com Carinho ...



    PS:
    hj estou caidinha , caidinha , ...Rs

    ResponderExcluir
  6. Ah, que lindo, amigo!
    Derretendo as linhas interurbanas...
    Perfeito... quantos vivem o amor desse jeito longínquo, mas sempre perto...

    Beijos da Álly.

    ResponderExcluir
  7. Acho que manter laços é perfeito, os laços podem ser para toda a vida. Os nós se muito apertados podem-nos sufocar.
    Então o meu amigo anda triste porque não recebe cartas? Mande a morada que eu escrevo;)
    Bjs e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  8. amigo ,

    uma indagação que sempre me faço é sobre a força das ligações... será mesmo que um nó pode ser mais forte q um laço?
    acho q nós são acordos e laços são elos, tais que perduram uns pra sempre e outros para todo o sempre...

    como é belo meu laço com vc!
    abraç.

    ResponderExcluir
  9. Ainda que de madrugada
    São laços..
    Gdbeijo

    ResponderExcluir
  10. que os nós e os laços estejam a cada madrugada e novo amanhecer, cada vez mais fortes!

    Mais um lindo e emocionante texto.
    Bj

    ResponderExcluir
  11. Meu queridooooooooooo!

    Que os laços nunca sejam desfeitos.

    Eu amoooooo sua forma de escrever.

    Beijoooo Franck.

    Te tenho um bem querer do tamanho do mundo!!!

    ResponderExcluir
  12. "...Ou desataremos os nós ao amanhecer?"
    MARAVILHOSO!!!!

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderExcluir
  13. Franck
    Desejo a você que seus laços e nós sejam eternos enquanto existirem o amanhecer e as madrugadas...
    Bjusss
    Sil

    ResponderExcluir
  14. ...que os laços virem nós,
    e os nós nuncam percam
    a essência de laços.

    e vive l'amour!

    bj

    ResponderExcluir
  15. Hoje, meu coração, e minha manhã nublada, está embalada por Vanessa da Mata e seu cd 'bicicletas, bolos e outras alegrias'

    Franck, ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!

    Tão bom entrar aqui com essas suas palavras tão lindas meu querido!

    Amo você!

    Beijoooooooo!

    ResponderExcluir
  16. Olá Frank Querido!

    Então... quero o doce! Porque sei "sim" com quem vc conversou! rsrs

    Que os laços e os nós... sejam de amor e sejam para sempre e eternamente! Seja madrugada ou ao amanhecer... que o laço que me une a vc Frank... tenha um nó tbm, para não desatar jamais!

    Beijos doces... lindo fim de semana! Adoro vc demais!

    Sil
    Sempre aqui

    ResponderExcluir
  17. Você escreve muito bem Frank. Benza a deus!

    ResponderExcluir
  18. Adoro essas suas interrogaçoes criativas.
    entre laços e nós, só se enforca
    quem nao sabe esperar, desatá-los
    é sincronia de muita experiencia
    e treino. Deixa amanhecer...

    abraç

    ResponderExcluir
  19. Franck, meu amigo queridão,

    Continuemos com os laços, mas que sejam frouxos, pra não machucar.
    Te gosto mt.
    Bj e bom fds, meu queridão

    ResponderExcluir
  20. Franck,


    Que os laços se façam e se refaçam
    em toda sua doçura...


    BjO , BjO ...... :)

    ResponderExcluir
  21. Que não existam nós, mas laços eternos de amor. A distância não existe quando se pode falar madrugadas a fio...Rs bjks e linda noite!:D

    ResponderExcluir
  22. são os laços, os entrelaçares das pernas, os nós na garganta, e tudo isso é tão bom rs bjs franck

    ResponderExcluir
  23. Amigo, todas as questões acabam desembocando na angústia do fim, principalmente quando se trata dos laços mais caros. A morte vem a seu próprio tempo. Enquanto isso, vivamos(com amor e coragem).

    ;) E vamos confiar na vida!

    (Obrigada pela presença e sintonia com esse meu desapego!)

    ResponderExcluir
  24. Os laços e nós da vida, particularmente gosto de um nó bem frouxo, de vez enquanto é bom voar sem nós para atrapalhar, e depois voltar,

    como diz Dalai Lama:

    "Dê a quem você ama: asas para voar, raízes para voltar e motivos para ficar."

    Bjks,

    ResponderExcluir
  25. Oi Franck
    Em dias de solidão nada como um poema assim derramando estrelas na minha noite.
    Obrigada por me incluir nos presenres , nas cartinhas poéticas.
    De estradas interditadas estou entendendo bem rs mas os nós esses já desatei.
    Espero enlaçar-me novamente, é bom , rs
    abraços, bom domingo
    deixo abraços

    ResponderExcluir
  26. Que os laços sejam mantidos na cadência do desenrolar dos nós... Suavemente com muita intensidade!

    Bom Feriado, Franck!
    Beijo

    ResponderExcluir
  27. que sejam sempre nós cegos!

    Meu caro Franck, me perdoe a ausência por esses dias, final de ano é uma correria às vezes.

    Um Abraço!

    ResponderExcluir
  28. ah querido Frank essa é uma pergunta que sempre mefaço, será que tem resposta?

    Amanhã é o dia do Grito Viva a Poesia! Participe postando um poema e no titulo coloque viva a poesia, diga viva a poesia no Twitter, Orkut, Facebook, e todos os outros, não deixe a poesia morrer ^^ Viva a Poesia.

    ResponderExcluir
  29. Olá meu amigo, me desculpe o sumisso. Fizestes uma pergunta um tanto difícil, mas acho que os nós devem ser mantidos, os laços são sempre bem vindos e as vezes ate precisamos deles. Abraços e um ótimo feriado.

    ResponderExcluir
  30. Frank. e nem desataria e nem apertaria os "noz". Eu procuro viver os nozes deliciosos e amargos que a vida me apresenta.
    estou aqui para reafirmar o meu respeito, apreço e contentamento que tenho pelo seu espaço. Fique com DEUS

    ResponderExcluir
  31. Ei! Lindo domingo pra nós.
    Laços...
    preciso pensar sobre...

    Sem laços

    Ando solta,
    sem rima,
    sem mira,
    sem laço e
    por isso sem vida.
    Da vida
    esquecida.
    só sonho
    de ser querida.
    Bjins entre sonhos e delírios

    ResponderExcluir
  32. "Que se danem os nós" E que fiquem os laços, apesar da distância...
    Bom domingo e feriado!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  33. Franck ,

    Que o domingo e todos os dias se façam em
    doces laços , em azul , cinza , sol , chuva, sundaes , vinhos e tantas coisas mais ... :)

    Adorei o papo de surpresa !
    Também achei uma graça as joaninhas.
    Adoro-as , são parte forte de minha infância ...
    E , ainda hoje, tenho a sorte de vê-las entrando
    e passeando por minha janela , ... Rsrs


    Amigo querido ;
    será mesmo que um dia cresceremos !??? ;)

    BjO , BjO , BjOs Mil ............... :)

    ResponderExcluir
  34. Uau , Franck !

    Não sabia que você trabalha e se preocupa
    com questões ambientais. Eu adoro , sou uma verdinha nessa questão , ....Rsrs
    Me mudei pra Terê , muito por isso .
    Aqui tb faço um pequeno trabalho de voluntariado. Volta e meia banco a guia
    pelas trilhas do PARNASO.
    Você ia adorar !!! Hehehe ..........
    Amo essa vastidão de verde que tem aqui , de fauna de flora , é tanta coisa que vivo encantanda o tempo todo.

    Quanto as joaninhas , não se preocupe !
    Elas não estão em extinção , ...passeiam
    muito por aqui, acho que gostam da minha casa ...kkkkkkkkkkkkk .....

    Qdo vier , vai matar a saudade delas , tenho certeza que virão todas te fazer festa . :)


    BjOoooOOOOOOOOOOos ...................

    ResponderExcluir
  35. Franck querido,

    Ficaram mara as joaninhas!!
    Lindo demais!

    Beijos meus!

    Álly

    ResponderExcluir
  36. Oi....passando para agradecer sua visita,conhecer seu blog...seus textos...

    Tudo muito intenso por aqui....vc escreve lindamente!

    Eu particularmente amo os "laços da madrugada"....mas sem necessariamente desatar nenhum nó!

    Bjos!

    Zil

    ResponderExcluir
  37. Oi Franck

    Paris texas,o filme? Voltei pra adolescência da minha vida.Até hoje lembro daquela música ma-ra-vi-lho-sa.Acho que é Calling you.Lembra?
    No fundo não acredito em laços e nós,o que nosamarra literalmente nas pessoas é o desejo de querê-las ao nosso lado.Esta vontade forte é mais segura que qualquer nó ou laço. Por mais atado que esteja...

    Gente,o que é de fofa estas joaninhas,aí do lado? Amei,meu amigo!

    bjão

    ResponderExcluir
  38. Eu gosto de dar laços com as palavras... E nunca os desato...

    Aconchegante teu canto...

    Uma semana iluminada!

    ResponderExcluir
  39. Ei Frank!
    Tem dias que Caio Fernando lê meus pensamentos, então deixo-o falar por mim.
    Que privilégio o seu tê-lo conhecido.
    Bom feriado, que por aqui está chuvoso.
    gd beijo

    ResponderExcluir
  40. ...vim trazer beijinhos retribuindo
    os carinhos lá em casa!

    bom feriado, lindo!

    ResponderExcluir
  41. E qual é a tua passagem preferida do Pequeno Príncipe?

    Bj

    Adorei as Joaninhas... o blog tá lindo!

    ResponderExcluir
  42. Fui enlaçada pelos laços da poesia do blog. Adorei tudo por aqui.
    Um beijo, querido.

    ResponderExcluir
  43. Quer cafe com pao de queijo? Pao de queijo eh com o Brayan... Aki no recfe se toma cafe com bolo de rolo, de macaxeira, de milho...

    ResponderExcluir
  44. Que dúvida cruel!
    Quanto ao filme, assisti também e adorei relembrá-lo com sua crônica.
    Beijinhos

    ResponderExcluir

(Quem dá a volta ao zodíaco comigo...)

EU...

Minha foto
São Luís, MA, Brazil
Um brasileiro-nordestino, um cara comum, qlq um, como diria Caetano Veloso...