sábado, 9 de maio de 2015

A chaleira


Não sabia que eu tinha uma chaleira que avisava quando a água estava fervendo, até ontem ao resolver fazer um chá. Tenho essa chaleira a um ano, acho que não sabia como usá-la. Me assustei como o seu apito no silêncio e na penumbra da casa. Eu queria apenas um chá e deitar lendo um livro na noite quebrada com um silvo inesperado, que ecoou apenas alguns segundos, mas ficou na minha cabeça a noite inteira.
O apito da chaleira foi como se fosse uma companhia invisível; um trem passando e me chamando para embarcar...
(by, franck)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

(Quem dá a volta ao zodíaco comigo...)

EU...

Minha foto
São Luís, MA, Brazil
Um brasileiro-nordestino, um cara comum, qlq um, como diria Caetano Veloso...