terça-feira, 7 de setembro de 2010

Água com açúcar


Os dias deles eram doces. Melados. Água com açúcar. Um riacho doce. Uma manhã ele enjoou de tanto doce, saiu para comprar sal. Vagando pela casa, esperando o sal que ele não trazia, ela sentiu. O sal era a ausência que ele deixou. Chorou uma salina. Um oceano. Uma tarde, escreveu na geladeira: 'o doce acabou'. Se decidiu, saiu para comprar um.


(by, franck)

33 comentários:

  1. Era doce e se acabou...
    BeijO* amigo querido!

    ResponderExcluir
  2. É tão ruim quando o doce acaba.
    As coisas deviam ser pra sempre doces e coloridas, mas infelizmente nem sempre é assim.
    Lindo querido, como sempre :*

    ResponderExcluir
  3. Franck
    Seus textos sempre tocam profundamente
    em nossas delicadezas .
    Que dizer ?
    També eu saio pra comprar o sal ,o sal ...

    Que tentemos ,antes da nossa percepção , a percepção do outro .

    BjãO !

    ResponderExcluir
  4. O sal nosso de cada dia não pode faltar... para que quando a alegria chegue, a gente possa gargalhar com toda força.

    Bom feriado! Bj.

    ResponderExcluir
  5. Qdo há um sabor mto doce, logo enjoa. Sempre se faz necessário um pouco de sal em tudo.
    Pobre moça, que chorou muito..

    ResponderExcluir
  6. franck, chamei até a mamãe para ler, rs.
    adorei.

    ResponderExcluir
  7. É tão ruim quando esse doce acaba...
    Beijoos linda e ótimo feriado! :*

    ResponderExcluir
  8. Se não mantiver o tempero no ponto, conferindo sempre pra não desandar...
    Desanda.
    abço

    ResponderExcluir
  9. Oi Frank...

    Doce Frank...

    Não seria o doce, a rotina que assola os relacionamentos humanos? E que nós, docemente iludidos não percebemos que ela mela e enjoa o coração de quem amamos?

    Vamos em busca do sal, que poderia ser uma minúscula porção e encontramos as vezes o amargo da desilusão.

    Doce feriado para ti!
    Doce momentos para sempre!
    Beijos em seu doce coração!

    Sil.

    ResponderExcluir
  10. concordo, mas o frio que me refiro não é nesse sentido ;)

    ResponderExcluir
  11. Sim eu entendi mal, desculpe :) obrigado

    ResponderExcluir
  12. Oi , Franck !
    Obrigada pelo convite , claro que está mais do que aceito .

    E quanto as travessias , como são difíceis e necessárias ... , então , ... que tentemos !

    BjO de meio de Tarde ...

    ResponderExcluir
  13. Amei o comentário da nossa amiga Valéria!

    "Amor demais também enjoa."

    Franck, sal e açúcar é pouco. E a pimenta malagueta, a do reino, a branca? E a canela, o louro, a erva-cidreira? E o vinagre, o coentro em pó?

    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. A rotina e a mesmice, acabam sempre com qualquer relacionamento.
    Bjux

    ResponderExcluir
  15. Olá Franck,
    Bom receber mais uma vez sua visita...
    As vezes venho leio, mas quando vou comentar vc já postou novamente e eu estou atrasada, hpa mais de dois dias sem ligar o micro..rsrsrs
    Os relacionamentos sempre precisam de temperos não é meu amigo? É assim que equilibramos o gosto das coisas e o gosto do conviver...
    Gostei muito de sua reflexão!
    Que pena que vc não acompanha a miniséri, acredito que iria gostar...
    O feriado aqui está chovendo, agradeço a Deus, pois estava muito, muito seco...
    As meninas mal dormiam com a tosse seca.
    E por ai, tudo bem de feriado?
    Grande beijo e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  16. OI MEU DOCE!!!
    AMO DOCE, AINDA MAIS QDO É DAKI.
    BELO MTO BELO, AMEI.
    BJOS DE MEL NAS BOCHECHINHAS,RSRS
    DEPOIS C LAVA COM ÁGUA COM AÇÚCAR...
    ATT,
    RITA DE CÁSSIA

    ResponderExcluir
  17. é por isso que eu gosto de varia meu humor hehehe, bjooo!

    ResponderExcluir
  18. Acabou-se o que era doce...literalmente..
    Estou feliz e sei lá pq, com saudades de vc.
    E de várias outras pessoas q nunca vi..rsrsrs
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Doce, salgado...Tudo um dia acaba, Franck!!

    Beijo meu querido!!!

    ResponderExcluir
  20. Nem só de açúcar, nem só de sal vive um ser humano...há de se ter muito tempero...e por vezes...aqueles temperos que ninguém conta....que são secretos...

    beijos carinhosos,

    Bia

    ResponderExcluir
  21. ohhh meu amigo, fico feliz em saber qe vc está feliz. Só espiritualmente se explicam certas amizades...mas não vou te negar, sinto saudades de vc várias vezes, pronto,admiti. Beijos

    ResponderExcluir
  22. Forte inspiração a sua Fanck!

    Beijinhos,
    Ana Martins
    Ave Sem Asas

    ResponderExcluir
  23. Que lindo...
    O triste...
    é saber...
    que nem todo...
    doce...
    está à venda...

    Beijos
    Leca

    ResponderExcluir
  24. Lindo
    As pessoas são assim, se desgastam com o cotidiano....
    Adorei sua visita.
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  25. Franck ,
    Que a delicadeza e o encantamento se façam presente sempre ,... e nossas travessias se tornem mais suaves , menos doloridas , com menos sal e mais açucar.
    Em qualquer tempo ...

    BjO !

    ResponderExcluir
  26. Meu caro amigo e poeta, parabéns pelo texto, adorei. Nossa vida e uma mistura e na grande maioria das vezes não entendemos os momentos, se está doce, queremos salga-lo, quando salgado, choramos pelo sabor desagradável, esse é o humano, vai entender ...rsrs. Abraços.

    ResponderExcluir
  27. que ele ache então!
    adorei, como sempre! *-*

    ResponderExcluir
  28. lindo, outro pra minha listinha de preferidos hehe

    ResponderExcluir
  29. Eu estou aqui a pensar...QUE MEU DOCE NUNCA ACABE, e que eu não seja diabética...
    Bjosssssssssss

    ResponderExcluir
  30. .

    Que seja doce... que seja sempre doce, Franck.

    Embora que, muitas vezes o sal venha a nos temperar.

    "Mas, se alguém me perguntasse o que deverá ser doce, talvez não saiba responder. Tudo é tão vago como se fosse nada"

    Te beijo, com carinho

    Beijos doces...

    .
    .

    ResponderExcluir

(Quem dá a volta ao zodíaco comigo...)

Previsões dadas...

EU...

Minha foto
São Luís, MA, Brazil
Um brasileiro-nordestino, um cara comum, qlq um, como diria Caetano Veloso...