quinta-feira, 5 de agosto de 2010

(Leia ouvindo uma canção de amor)


Sou todo amor
no
corpo
alma
coração.
Destilo amor
na
epiderme
voz
poros.
Quero
matar e morrer
de amor
em vida.
(by, franck)

31 comentários:

  1. Oi Franck... muito lindo!
    Adorei.
    Bjão e uma noite de quinta super iluminada.

    ResponderExcluir
  2. franck!!! CERTA VEZ LI DE UMA AMIGA/SEGUIDORA SUA QUE ELA HAVIA BEBIDO UM TANTO A MAIS DE VINHO E POR ISSO, BLA, BLÁ, BLÁ,,, FEZ O COMENTÁRIO DELA. POIS HOJE, É MINHA VEZ... BEBI MUITO MAIS QUE O ACONSELHÁVEL PARA UM BELO PORRE E... MEU COMENTÁRIO É O SEGUINTE;\ tE gOSTO! GOSTO DO QUE ESCREVES, COMO ESCREVES E ETC E TAL E TAL... TENHA UMA ÓTIMA SEXTA-FEIRA, ESPERO QUE EU ACORDE PARA TRABALHAR AMANHÃ... ABRAÇO... HACE FRÍO AQUÍ, HERNANO!.

    ResponderExcluir
  3. Será que o seu amigo está falando de mim...rs... no último jogo da Copa, eu fiz meus comentários para você sob efeito do álcool (foram vários comentários, abusei mesmo!). E hoje a coisa se repete... são 15:00 aqui e eu estou tentando, pensando em como se faz três malas... enquanto isso bebo de estômago vazio. Eu e a minha preguiça de comer...
    Começou o blábláblá...
    Voltando, que lindo, Franck! Todo amor, todo sentimento. Bom, dizem que vou morrer pensando (graças a Deus, não sou um brócolis!), mas eu venho pensando muito nisso, nessa coisa que sai pelos poros, inquietude. Deve ser um abismo, o fascínio das alturas ou a atração do buraco, o que é que tem lá dentro? Sei lá! Até um pouco ébria, eu continuo a pensar... e a gente sai por aí, destilando não o álcool, mas amor. As pessoas te olham sorrindo porque você carrega alguma coisa e elas queriam saber o que é, ficam curiosas. Elas não sabem que você carrega o amor, e ele vai feliz nos seus braços.
    É nisso que dá beber... seus amigos vão pensar que não tenho pudores ao escrever um comentário tão grande, mas é melhor estar aqui que arrumando malas. Será que não dava para viajar sem malas?
    Beijos, Franck.

    ResponderExcluir
  4. Lindo demais...abraços
    de luz e paz


    Hugo

    ResponderExcluir
  5. (comentário sobre comentário, sorry, franck...). Lily, Estou contigo e não abro!!!... Abraço aos dois!...

    ResponderExcluir
  6. Jacson,
    Acho que o Franck não liga não, ele é da paz!

    O fato é: a gente bebe e começa o blábláblá...

    Mas, como é que é mesmo no Direito? Ai minha memória... a embriaguez não escusa? A embriaguez não exime do crime? Quem bebe e mata sabe o que está fazendo? Sim, sabe sim. Acho até que melhora a coisa. Vinícius de Moraes dizia que a gente nasce uma dose de uísque a menos. Eu concordo plenamente com ele. E, você, Jacson, concorda? E você, Franck, concorda também?

    Agora eu vou, vou mesmo, arrumar as malas.

    Beijos e até semana que vem!

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. eu concordo com Oscar Wilde... o vinho, na dose certa, dá um belo porre! Abraço a vcs e boa noite (risos)... (no comentário anterior faltaram algumas LERTAS);..

    ResponderExcluir
  9. Seus textos são tão inteligentes *-* Parabens!

    ResponderExcluir
  10. Afff, aqui temos um chat na verdade: Franck, Jacson e Lily, agora
    eu meto minha colher
    enferrujada.
    Gente vamos pro msn!!!
    Huahua
    Mas em fim, não lhes parece que hoje é sexta ja?
    A Lily vai viajar, o Jacson bebeu um bom pouco, o Franck esta cansado que me disse mais cedo.
    E ewu? Ah estou em festa porque não sei vc, não posso afirmar em seus nomes, mas eu sou poeta
    e desejo que mundo acabe hj
    em prosa, verso , em vinho e poesia.
    Porque não sei se sabem
    mas vivo em pasargada entre sonhos e delírios
    pergutem pro Franck só...
    Mas em fim
    ja me meti demais na conversa, volto pra escrita do meu livro e ainda tenho que começar a ler o Caio..
    viu Franck!
    Bjins pra vcs!

    ResponderExcluir
  11. Olha o que fiz?
    Fiquei d econversa e nem comentei o texto.
    Somos todos amor
    sempre
    ainda que
    neguemos,ainda
    tenhamos lembranças ruins e saudades...
    nossa,
    saudade é algo que
    fica quando o algo nessa area acaba...
    mas não sei desamar, nem quero aprender, prefiro sofrer ao lembrar.
    É isso...
    Bjins entre sonhos e delírios

    ResponderExcluir
  12. Amor na Alma, coração, poros....

    ResponderExcluir
  13. Eu que adorei o seu poema... Confesso que não li ouvindo uma canção de amor, mas confesso também que não foi possível não pensar em canções, momentos, desejos... de amor.
    Sabe que estava pensando na crônica da Martha e se eu fosse eu, certamente ía querer 'matar e morrer de amor em vida'.
    Afinal, já que estamos aqui porque não?
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  14. Uau, lindo mesmo, como sempre! Fazendo a vida valer a pena!!! Bjuuu!

    ResponderExcluir
  15. Oi Franck!

    (se for moderado,não precisa publicar)

    Vi seu comentário lá no Urbi, no post do Richard sobre a Teka. Me deu vontade de lhe dizer uma coisa, daí venho aqui e encontro o seu poema sobre amor. Nada mais apropriado. :)

    Um dia, quando pedi à veterinária da minha gata que me avisasse quando houvesse um gato lá para doação, ouvi dela: "somos muito egoístas. imagine viver a vida toda só com seres de outra espécie". Completou dizendo que ia ser bom pra minha gata ter uma companhia também felina.

    Isso me fez pensar em nossas escolhas com os animais.

    Lindo o seu cuidado.

    Claro que seus futuros animais precisarão de você, e de sua companhia também. Mas já pensou em, ao adotar, levar pra casa logo dois? :) Quando estiver ausente, eles terão um ao outro. ;)

    Um abraço,

    Veronique

    ResponderExcluir
  16. P.S.: não é a primeira vez que venho passear nesta sua casa... :)

    ResponderExcluir
  17. Franck meu amigo:

    VOCÊ É TODOOOOOOOOOOOOO AMOR!!!

    Uma alma linda, um querido amigo que eu aprendi a amar.
    Sim, eu te amo Franck!

    ResponderExcluir
  18. O amor não mora mais aqui, mas você sempre me lembra que ele não esquece meu endereço.

    Fantástico.

    ResponderExcluir
  19. ...Franck querido,
    você só pode ser amor, depois
    deste embroglio etílico
    que fizeram por aqui nesta tua
    casa nobre...rsrsrs

    ai ai
    este mundo de blog ainda vai
    nos levar ao hospicio...

    tudo brincadeira, viu meninos!

    bjbjbj

    ResponderExcluir
  20. Olá amigo, bom dia! Ah! Mas o seu poema
    ficou mesmo lindo! Apaixonado e apaixonante,
    inspirado e inspirador! Assim é o poeta, é todo
    alma e coração! Aplausos a ti querido poeta!!!
    Carinhos a você... Abraços

    ResponderExcluir
  21. Viver só vale a pena, quando se ama.
    Beijão

    ResponderExcluir
  22. Gosto dessa tua entrega; essa passividade contraditória que diz urgir a necessidade de tempestades.

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  23. Matar e morrer de amor em vida, tem coisa melhor????

    ResponderExcluir
  24. Apaixonado meu amigo? Senti sua falta no meu blog...Beijos

    ResponderExcluir
  25. Ai, eu quero mais é viver e morrer de amor!!!!
    bjossssssssss

    ResponderExcluir
  26. Oiee amigo Franck,esse amor é uma droga neh...um vício.
    Bom final de semana meu querido
    :*

    ResponderExcluir
  27. Olá meu amigo!!!
    Com tanto amor as mulheres vão ficar todas doidinhas por você...um abraço:))
    Parabéns pela nova cara do seu blog.

    ResponderExcluir
  28. Li e ouvi ao som de uma música e...
    sonhei essas palavras!
    Muito bonito!

    Bj

    ResponderExcluir

(Quem dá a volta ao zodíaco comigo...)

Previsões dadas...

EU...

Minha foto
São Luís, MA, Brazil
Um brasileiro-nordestino, um cara comum, qlq um, como diria Caetano Veloso...