sexta-feira, 25 de junho de 2010

Um texto e um poema...


("No imenso universo vegetal, conhecemos muitas flores: das rosas aos lírios, das strelitzias aos jasmins. Mas existe uma infinidade de pequeninas flores, muito miúdas, que habitam quase qualquer matinho que esteja perto de você. Num jardim abandonado ou mesmo saindo da fresta do muro do vizinho. Em sua maioria são lindas, provavelmente consideradas pragas de jardim. Já teve olhos pra ver essa explosão de formas e cores?" - Regina Garbellini)






Lendo esse texto, veio-me a pergunta, o que gostaria de ter no meu jardim? Eis:




JARDIM DE CACTOS




Eu quero um jardim de cactos
uma África
um nordeste brasileiro
uma geografia não identificada
flora verde e altiva
na minha casa.
Eu quero um jardim de cactos
eretos e silênciosos
os quais verei pelas janelas
os vizinhos através dos muros.
Os pássaros
borboletas
uma fauna desconhecida
o Sol e o luar
visitando esse jardim todos os dias.
Eu quero um jardim de cactos
como se fosse uma ilha
dentro dessa Ilha
que é minha cidade e casa.

(by, franck)

20 comentários:

  1. Eu quero um jardim qualquer...
    Um jardim pra chamar de meu. pra chamar de minha. Num mundo pra chamar de meu
    Um jardineiro também...rs

    Bom fds!

    ResponderExcluir
  2. Plantaste cactos com a sabedoria dos que são livres.

    Gosto muito de como escreves.
    Abraço

    ResponderExcluir
  3. ...os cactos são flores mestras
    sempre a nos ensinar a florescer
    em meio aos espinhos, porque este
    é seu destino, esta é sua missão,
    a despeito de dores ou não.

    pensemos..

    bj, lindo!

    ResponderExcluir
  4. Eu quero um jardim , onde eu possa plantar a esperança, e que ele floresça a vida inteira.
    Bjux

    ResponderExcluir
  5. E eu
    Só não queria deixar morrer o jardim de dentro de mim. Preciso aguardar o florescer.

    ResponderExcluir
  6. Eu quero um jardim de entusiasmo, um jardim com uma essência permanente, um jardim de alma...e como a primavera, florescer sempre em mim.

    Blogbeijoos com aromas de rosas, Um ótimo fds...Tudooo de bão!

    ResponderExcluir
  7. Engraçado tocar nesse assunto.
    Uma vez postei sobre os cactus ,seus espinhos,me parei pra refleitr sobre
    aqueles que tem alem das flores belissimas,
    frutos muito doce e saborissimos.
    Estou encantada com seu processo criativo
    fluindo dessa forma.
    Hj o Edson(o Marques) passou la meu blog http://meusreflexoscontostextoseafins.blogspot.com/ e comentou sobre minha fase criativa.
    Adorei e ate estive falando sobre isso.Pq a fase a ele se refere era uma, eu ja não sou mais mesma.
    E vc querido, tambem não...
    evoluindo como dizem...

    Adorei a construção do texto também.
    Bjins entre sonhos e delírios

    ResponderExcluir
  8. Olá, adorei, também adoro os cactos, na verdade sou apaixonado pela natureza, suas cores e perfumes, sempre me encanta, como aconteceu aqui, sempre acaba em poesia, rsrsrs. Aproveito para agradecer o comentário e pedir desculpas pela demora em responder, e digo que adoraria receber uma lista de filmes para assistir nestas férias de faculdade. Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Olá Franck, Fazemos a entrega pelos Correios. Para adquirir nossas peças, deixaremos nosso e-mail e solicitamos o seu, para detalhes de envio, como CEP, modelo e forma de pagamento, os valores estão nas setas ao lado das blusas, e variam em aplicadas (R$ 17,00) e com estampa direto na camisa (R$ 15,00). Agradecemos pela atenção e os elogios. Grande Abraço.

    E-mail : estampariantitese@hotmail.com

    ResponderExcluir
  10. Franck... Sinta-se abraçado. Um ótimo fim de semana para ti. "Em meu jardim cultivo a árvore da tristeza... ", Bem que esta árvore poderia sofrer da 'síndrome de Gray' e se entristecer em em lugar, não? Jacson Faller.

    ResponderExcluir
  11. Se é assim que quer, que assim seja.
    Boa escolha Franck!


    Um beijo e um ótimo sábado!

    ResponderExcluir
  12. muito obrigado amigo pela visita. gostei tambem deste canto.

    ResponderExcluir
  13. =]
    deixa eu pensar ...
    quero em meu jardim uma árvore de sabedoria, me ensinando todos os dias um pouco mais! .

    *-*
    adorei !

    ResponderExcluir
  14. Oi Franck, tudo bem?
    Menino, belíssimo esse poema seu. Fiquei encantado com ele, sinceramente.
    ô querido, brigado, fico feliz q tenha gostado e espero mais visitas suas por lá.
    Ah, vota em mim no top blog, é só clicar no link do lado esquedo do meu blog. E se vc quiser pode fazer propaganda pro povo votar tbm vu? rsrs
    Brigadão.

    Abraços
    :)

    ResponderExcluir
  15. Cheguei ao seu blog procurando por um jardim de cactus. E me deparei com esse post excelente.
    Parabéns por ser um artista da escrita. Gostei de seu blog, vou acompanhar.
    abraços

    ResponderExcluir
  16. Frank o meu amor, que tem o nome mais lindo do mundo ^^

    Loan

    ele tem ama cactos, eu não sabia, mais por coincidência dei-lhe um de presente e ele disse, impressionante, mesmo sem me conhecer você me conhece, eu tenho vários, estou montando meu jardim de cactos

    ^^

    então ao ler, sorri no final

    abraços

    ResponderExcluir
  17. Estamos on line...
    Eu não estou sem internet ou sem meu laptop... estou aqui no mesmo lugar, mas preciso muito administrar meu tempo melhor. Ontem e hoje, visitei meus queridos "virtuais", a saudade foi maior... mas estou tentando fazer tudo aquilo que queria fazer intensamente... e a lista é uma dúzia...
    Sem postar, fico menos elétrica.
    Bjs.
    Obrigada pelo carinho da atenção.
    "Tudo vale a pena quando a alma não é pequena".

    P.S.: voltarei mais tarde neste jardim.

    ResponderExcluir
  18. "Eu quero um jardim de cactos
    eretos e silênciosos
    os quais verei pelas janelas
    os vizinhos através dos muros".

    Silenciosamente a gente vê os vizinhos...
    Eu só vejo os meus vizinhos assim.
    Eu os quero através!

    Muito lindo!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  19. EEE!!

    Desistiu do jardim de cactos já?..rsrs! agora o teu querer é por um por do sol?..rsrs!

    ;]

    ResponderExcluir
  20. Esse foi o dia do meu aniversário...
    Tudo o que queria nesse dia era um verso.
    Me lembro que pedi a um amigo, que me mandasse algum.Mas eles nunca chegaram...
    Talvez sejam esses os meus versos.
    Se te conhecesse na época.
    Beijos

    ResponderExcluir

(Quem dá a volta ao zodíaco comigo...)

Previsões dadas...

EU...

Minha foto
São Luís, MA, Brazil
Um brasileiro-nordestino, um cara comum, qlq um, como diria Caetano Veloso...