domingo, 11 de julho de 2010

INSÔNIA


Esta noite passando por mim. Insônia. Cigarro. Computador. Pensamentos em você, também dentro de mim, 'que não é veloz'. Noite que se arrasta, como uma cantilena. Oração sem fim. Sucumbirei ao Sol, feito um vampiro. Sem forças. Sem tato. Sem olfato. Zumbi, eu, sem você, dentro dessa noite em mim, será que você também sucumbe sem mim?

(by, franck)

27 comentários:

  1. Eu detesto ter insonia pelo fato de toda vez q isso acontece minha cabeça se enche de lembranças q eu detesto! Obrigada pelos conselhos sempre.. beijao

    ResponderExcluir
  2. ...eu não sei o que é noite
    de insônia, porque sou coruja...
    rsrs

    mas em compensação estas ausências
    acontecem tbm durante o dia.

    é apenas uma questão de fuso...

    beijo, querido!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. O layout tá perfeito.
    A postagem, cheia de sentidos...

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Franck, senta aí, de frente para o mar, porque tenho muita coisa pra dizer (efeito da cerveja que bebi durante o jogo):
    1. Larga o cigarro! Eu sei, você não pediu a minha opinião, mas eu já disse que bebi um pouquinho...
    2. Insônia não tem jeito. Não adianta ficar se revirando nos lençóis, e, computador piora, beber piora, salvo se você beber palavras... mas cuidado com algumas. O cigarro? Já falei...
    3. "Ter saudade até que é bom, é melhor que caminhar vazio", já dizia o Peninha.
    4. Às vezes, não sempre, mas, muitas vezes, se você se lembra de alguém é porque esse alguém está pensando em você. Eu creio nisso. Muitas vezes temos até a comprovação disso.
    5. Se não há ninguém pensando em você, que importa? Você está pensando em alguém. Mostra que você tem amor, tem sentimento e que a sua vida não passou em nuvens cinzas. Você viveu!
    Beijos, com carinho!
    P.S.: Qualquer coisa além, seria você vir se sentar na sua poltrona.

    ResponderExcluir
  6. Franck,
    Estamos on line, novamente!
    A CASA DOS ESPÍRITOS foi o primeiro livro que li da Isabel Allende. Garanto-lhe que o livro é mil vezes melhor que o filme. O filme é muito pouco... infelizmente. Por causa desse livro, me tornei fã da Isabel Allende...

    Obrigada pelas palavras e por tamanha comparação. Para mim, algo gigantesco. Leia RETRATO EM SÉPIA, PAULA (a história real da filha dela que morreu)... vai ver que você já leu... não sei.

    Fica em paz, olha o mar, pensa em Deus!
    Beijos, com carinho,
    Suzana

    ResponderExcluir
  7. Você me pegou... risos... misturei realidade e ficção.
    No meu texto sobre a casa da esquina... é tudo realidade... ai, meu Deus... mas é verdade... nem gosto de lembrar, aconteceu ontem.
    P.S.: acabo de revelar um segredo... só pra vc! Rs.

    ResponderExcluir
  8. Olá menino
    Insônia ninguém merece, o pensamento voa para rumos as vezes não desejáveis.
    Bjux

    ResponderExcluir
  9. :S
    é são momentos que passam numa lentidão ...
    Justo esses que deveriam nos largar rápido para diminuir aquele aperto de saudade e nos deixar dormir em paz!

    "Pensamentos em você, também dentro de mim, 'que não é veloz'. Noite que se arrasta, como uma cantilena."
    *-*

    ResponderExcluir
  10. "será que você também sucumbe sem mim?"

    Gosto desta trocas de letras entre sentimentos, ou seria o contrario? Sentimentos em letras?

    Continue escrevendo.

    A Propósito, escreve sobre o teu ciclete qualquer dia, fiquei curiosa e tenho certeza que vai sair algo bem legal :)

    Bjos!

    ResponderExcluir
  11. Tão ruim perder o sono quando o pensamento está em alguém que não está conosco.
    BeijO* Franck!

    ResponderExcluir
  12. Boa Franck... Lindo o texto... Tenha uma boa semana. (PS.: VC tbm conheceu a minha mãe?!)

    ResponderExcluir
  13. Passando pra te ler,
    pra dizer
    que vou
    compor
    sobre
    o tema
    que me fascina.
    Passa aqui tambem, mas não vai dar sono
    pelo contrario rsrs
    Mas passo tambem pra deixar meu carinho,
    meus
    bjins entre sonhos e delírios

    ResponderExcluir
  14. insônia, cigarro, computador e você... é o q resta sempre, né? mesma angústia eu sinto...
    beijos, boa semana!

    ResponderExcluir
  15. Ô Franck,

    Insônia, tão doída e tão poética em teus versos,não fosse às consequências dessa tortura que ela é, diria que vale apena sucumbisse em seu braços de noites em claro...

    ...será que você sucumbi sem mim...
    Isso tudo é estar sob tortura! rs


    Um abraço, Marluce

    ResponderExcluir
  16. Insônia é uma praga, insônia nos faz mal, remete a vícios, pensamentos muitas vezes exagerados e perturbadores. Espero que seja uma insônia bem passageira e tente não pensar nos sentimentos das outras pessoas, assita a um bom filme ou viaje por um livro... rs

    Beijo e obrigado pelos comentários!

    ResponderExcluir
  17. "sucumbirei ao sol, feito um vampiro": é mesmo esta a sensação de quem passa uma noite inteira na companhia da insônia, dos pensamentos que não param e das dúvidas que nos consome e que, se confirmadas, podem nos trazer o sono e nos levar a sonhar.

    ResponderExcluir
  18. toda vez que a insônia me vence (e ela,normalmente, me vence) me sinto o ser mais "solitário" do mundo. como se só eu estivesse acordada, involuntáriamente, neste tão vasto mundo!
    olho pela janela e não vejo uma janela acesa, o visor do telefone marca, implacávelmente, os minutos sendo engolidos pela manhã que se aproxima...olheiras, cansaço...

    ResponderExcluir
  19. Oi, amigo!

    Quantas vzs a ausência da pessoa que amamos se faz tão presente dentro de nós... O tempo não me deixa estar sempre por aqui... Mas, apesar das minhas demoras, não deixo de vir aqui, te visitar e apreciar as tuas palavras e postagens... Abraços

    ResponderExcluir
  20. Linda semana
    pra nós!
    Bjins entre sonhos e delírios

    ResponderExcluir
  21. Oi Franck!
    Belo texto... Sabe que tenho medo de ter insônia... na verdade do que esse tempo 'sozinha', com a noite e o silêncio de companhia pode me provocar... E de fato a saudade se está lá em algum lugar de nós... basta o silêncio da noite para acordá-la... Mas sabe que a parte boa é justamente sucumbir ao sol e a possibilidade de de um novo dia...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Belo texto, talvez essa fosse a resposta que mais gostariámos de saber...

    ...mas ao nascer do sol, tudo isso se dilui e voltamos a idealizar mais uma vez...rs!

    Beijokaaaas!

    ResponderExcluir
  23. Insônia...

    Prfeiro a certeza de que o sol logo vai chegar...

    beijos com carinho,

    Bia

    ResponderExcluir
  24. Blog interessantíssimo!
    Lindo!!
    Adoro poesia e seu estilo é diferente...
    Bjs, estarei sempre por aqui.

    ResponderExcluir
  25. eu penso meu amigo que o sofrimento é unicamente nosso " a dor é minha dor' então creio que sempre sofremos só

    ResponderExcluir
  26. Um zumbi q faz de sua insônia, arte em poesia.
    O seu limão, meu caro, torna-se a caipirinha(ou limonada suíça)daqueles q te visitam. rs

    Franck, volte la na postagem TEMPOS DE CRIANÇA.
    Não precisa comentar de novo, se não quiser.
    É q incluí algo mais. Falar da infância é assim!... um flash lá, outro cá...

    bj

    ResponderExcluir

(Quem dá a volta ao zodíaco comigo...)

Previsões dadas...

EU...

Minha foto
São Luís, MA, Brazil
Um brasileiro-nordestino, um cara comum, qlq um, como diria Caetano Veloso...